Explora Desses Livros, Não Consegue e outros!

Explorar tópicos relacionados

"Um desses livros que quando você larga não consegue mais pegar." - Millôr Fernandes

"Um desses livros que quando você larga não consegue mais pegar." - Millôr Fernandes

Peguei alguns dos livros com lombadas mais bonitinhas pra fazer esse arco-íris e amei! E você, também gosta de lombadas coloridas? Já leu algum desses livros?

Peguei alguns dos livros com lombadas mais bonitinhas pra fazer esse arco-íris e amei! E você, também gosta de lombadas coloridas? Já leu algum desses livros?

Um dia desses eu resolvi reler Cem Anos de Solidão , porque percebi que, por mais que soubesse que é um dos meus livros preferidos, eu não me lembrava muita coisa da história, parte por causa da minha memória de peixe, parte por causa da…

Um dia desses eu resolvi reler Cem Anos de Solidão , porque percebi que, por mais que soubesse que é um dos meus livros preferidos, eu não me lembrava muita coisa da história, parte por causa da minha memória de peixe, parte por causa da…

A gente falou dia desses da experiência no Escape Hotel para o lançamento do livro Twin Peaks – Arquivos e Memórias. E que tal você entrar no clima da icônica série que está voltando em uma sala do Escape Hotel?

A gente falou dia desses da experiência no Escape Hotel para o lançamento do livro Twin Peaks – Arquivos e Memórias. E que tal você entrar no clima da icônica série que está voltando em uma sala do Escape Hotel?

regram @livrosecitacoes O NOVO BELA E A FERA É PARA CHORAR DE TÃO LINDO!  Dificilmente quem foi criança nos anos 90 passou batido pelos clássicos da Disney eu tinha a coleção dos filmes e sempre assistia sozinha com minha mãe ou minhas tias. E desde criança apesar de amar os desenhos eu e minhas tias ficávamos imaginando as versões live action desses filmes. Fico feliz que a Disney está usando a tecnologia para resgatar essa paixão infantil. Essa fase de remakes que começou com Malévola…

regram @livrosecitacoes O NOVO BELA E A FERA É PARA CHORAR DE TÃO LINDO! Dificilmente quem foi criança nos anos 90 passou batido pelos clássicos da Disney eu tinha a coleção dos filmes e sempre assistia sozinha com minha mãe ou minhas tias. E desde criança apesar de amar os desenhos eu e minhas tias ficávamos imaginando as versões live action desses filmes. Fico feliz que a Disney está usando a tecnologia para resgatar essa paixão infantil. Essa fase de remakes que começou com Malévola…

A Livraria Mágica de Paris (Das Lavendelzimmer), da autora Nina George, é um desses livros que me deixou suspirando a cada virada de página. Um romance escrito com delicadeza, mas que não deixa de ser intenso ao abordar como as fragilidades, as paixões e as perdas nos transformam. No Brasil, a obra literária foi publicada pela Editora Record, em 2016, com tradução de Pete Rissatti.

A Livraria Mágica de Paris (Das Lavendelzimmer), da autora Nina George, é um desses livros que me deixou suspirando a cada virada de página. Um romance escrito com delicadeza, mas que não deixa de ser intenso ao abordar como as fragilidades, as paixões e as perdas nos transformam. No Brasil, a obra literária foi publicada pela Editora Record, em 2016, com tradução de Pete Rissatti.

A Livraria Mágica de Paris (Das Lavendelzimmer), da autora Nina George, é um desses livros que me deixou suspirando a cada virada de página. Um romance escrito com delicadeza, mas que não deixa de ser intenso ao abordar como as fragilidades, as paixões e as perdas nos transformam. No Brasil, a obra literária foi publicada pela Editora Record, em 2016, com tradução de Pete Rissatti.

A Livraria Mágica de Paris (Das Lavendelzimmer), da autora Nina George, é um desses livros que me deixou suspirando a cada virada de página. Um romance escrito com delicadeza, mas que não deixa de ser intenso ao abordar como as fragilidades, as paixões e as perdas nos transformam. No Brasil, a obra literária foi publicada pela Editora Record, em 2016, com tradução de Pete Rissatti.

A Livraria Mágica de Paris (Das Lavendelzimmer), da autora Nina George, é um desses livros que me deixou suspirando a cada virada de página. Um romance escrito com delicadeza, mas que não deixa de ser intenso ao abordar como as fragilidades, as paixões e as perdas nos transformam. No Brasil, a obra literária foi publicada pela Editora Record, em 2016, com tradução de Pete Rissatti.

A Livraria Mágica de Paris (Das Lavendelzimmer), da autora Nina George, é um desses livros que me deixou suspirando a cada virada de página. Um romance escrito com delicadeza, mas que não deixa de ser intenso ao abordar como as fragilidades, as paixões e as perdas nos transformam. No Brasil, a obra literária foi publicada pela Editora Record, em 2016, com tradução de Pete Rissatti.

Enviado por Isabela Kanupp para o Portal Geledés Dia desses Beatriz me perguntou o que era ser negra.Só então percebi como existem pouquíssimas referências na vida dela sobre o que é ser negra, e o pior, não é só na vida dela. Não notamos porque, o racismo está tão enraizado na nossa sociedade, que ...

Enviado por Isabela Kanupp para o Portal Geledés Dia desses Beatriz me perguntou o que era ser negra.Só então percebi como existem pouquíssimas referências na vida dela sobre o que é ser negra, e o pior, não é só na vida dela. Não notamos porque, o racismo está tão enraizado na nossa sociedade, que ...

Enviado por Isabela Kanupp para o Portal Geledés Dia desses Beatriz me perguntou o que era ser negra.Só então percebi como existem pouquíssimas referências na vida dela sobre o que é ser negra, e o pior, não é só na vida dela. Não notamos porque, o racismo está tão enraizado na nossa sociedade, que ...

Enviado por Isabela Kanupp para o Portal Geledés Dia desses Beatriz me perguntou o que era ser negra.Só então percebi como existem pouquíssimas referências na vida dela sobre o que é ser negra, e o pior, não é só na vida dela. Não notamos porque, o racismo está tão enraizado na nossa sociedade, que ...

Pinterest
Pesquisar