Explora Deus, Pai e outros!

Aganju: Deus dos vulcões e desertos, também pai de Xangô

Aganju: Deus dos vulcões e desertos, também pai de Xangô

Orishas by Noire 3000 aka James C. Lewis - Oko

Orishas by Noire 3000 aka James C. Lewis - Oko

Chango

These African Deities Are The Best Gods You've Never Heard Of

Chango

Xirê Oxaguian / Oxala - ketu

Xirê Oxaguian / Oxala - ketu

Negritude Movement http://www.blackpast.org/gah/negritude-movement

Negritude Movement http://www.blackpast.org/gah/negritude-movement

Ossanha ou Ossaim: Deus da floresta. Curador natural, guardião das ervas

Ossanha ou Ossaim: Deus da floresta. Curador natural, guardião das ervas

Oyá: também conhecida como Iansã, é a deusa guerreira dos ventos e dos furacões. Geralmente, a recebe como oferenda o acarajé, sua comida favorita, e é identificada pelas cores rosa, tons de roxo e marrom. Trata-se de uma das orixás femininas mais imponentes e poderosas.

Oyá: também conhecida como Iansã, é a deusa guerreira dos ventos e dos furacões. Geralmente, a recebe como oferenda o acarajé, sua comida favorita, e é identificada pelas cores rosa, tons de roxo e marrom. Trata-se de uma das orixás femininas mais imponentes e poderosas.

Olorum: Deus e criador do Universo, também conhecido como O Senhor do Céu.

Olorum: Deus e criador do Universo, também conhecido como O Senhor do Céu.

Ibeji: os gêmeos sagrados são orixás crianças, um menino e uma menina, que teriam os nomes de Kehinde e Taiwo. São os deuses da juventude e da vitalidade. Segundo a mitologia yorubá, os gêmeos Ibeji são filhos abandonados por Oyá, que os teria jogado na água depois do parto, sendo então criados por Oxum como seus próprios filhos. No Brasil, é comum que sejam sincretizado com os santos Cosme e Damião.

Ibeji: os gêmeos sagrados são orixás crianças, um menino e uma menina, que teriam os nomes de Kehinde e Taiwo. São os deuses da juventude e da vitalidade. Segundo a mitologia yorubá, os gêmeos Ibeji são filhos abandonados por Oyá, que os teria jogado na água depois do parto, sendo então criados por Oxum como seus próprios filhos. No Brasil, é comum que sejam sincretizado com os santos Cosme e Damião.

Ori: Deus da intuição espiritual e destino. Seu nome significa, literalmente, "cabeça"

Ori: Deus da intuição espiritual e destino. Seu nome significa, literalmente, "cabeça"

Pinterest
Pesquisar