Explora Quinta Feira, Política No Brasil e outros!

Doria deve anunciar secretariado nesta quinta-feira | Jornal da Manhã | ...

Doria deve anunciar secretariado nesta quinta-feira | Jornal da Manhã | ...

Facebook esclarece confusão sobre corrente 'eu não autorizo'; entenda | Notícias | TechTudo   Nesta quinta-feira (16) oFacebookcomeçou a exibir para os usuários do Brasil um alerta sobre a corrente que vem circulando na rede social. O já famoso post do "eu não autorizo ..." causou confusão na cabeça dos membros da plataforma a ponto de ser lançado um comunicado à todos os perfis. Sob o título "Você está no controle" o site deMark Zuckerbergesclarece que tudo não passa de um boato. AoTechTudo…

Facebook esclarece confusão sobre corrente 'eu não autorizo'; entenda | Notícias | TechTudo Nesta quinta-feira (16) oFacebookcomeçou a exibir para os usuários do Brasil um alerta sobre a corrente que vem circulando na rede social. O já famoso post do "eu não autorizo ..." causou confusão na cabeça dos membros da plataforma a ponto de ser lançado um comunicado à todos os perfis. Sob o título "Você está no controle" o site deMark Zuckerbergesclarece que tudo não passa de um boato. AoTechTudo…

Entrega da declaração do IR começa nesta quinta-feira (02) | Jornal da M...

Entrega da declaração do IR começa nesta quinta-feira (02) | Jornal da M...

| STF suspende julgamento sobre ICMS/PIS e Cofins | O Plenário do Supremo Tribunal Federal deixou para a próxima sessão a conclusão do julgamento sobre a inclusão do ICMS na base de cálculo do PIS e da Cofins. A presidente da corte, ministra Cármen Lúcia, decidiu encerrar a sessão às 18h para colher os votos dos ministros Gilmar Mendes e Celso de Mello no dia 16 de março. Nesta quinta-feira (9/3), foram proferidos oito votos, cinco deles pela não inclusão.

| STF suspende julgamento sobre ICMS/PIS e Cofins | O Plenário do Supremo Tribunal Federal deixou para a próxima sessão a conclusão do julgamento sobre a inclusão do ICMS na base de cálculo do PIS e da Cofins. A presidente da corte, ministra Cármen Lúcia, decidiu encerrar a sessão às 18h para colher os votos dos ministros Gilmar Mendes e Celso de Mello no dia 16 de março. Nesta quinta-feira (9/3), foram proferidos oito votos, cinco deles pela não inclusão.

O presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) declarou que o projeto de terceirização será votado nesta quinta-feira (9) durante evento em Brasília. "Vamos votar amanhã. A proposta do governo [de reforma Trabalhista] é tímida, acho que há temas que precisamos avançar", disse.  Apresentado pela primeira vez há 19 anos, o projeto anistia débitos e penalidades aplicadas a empresas que praticam terceirização.

O presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) declarou que o projeto de terceirização será votado nesta quinta-feira (9) durante evento em Brasília. "Vamos votar amanhã. A proposta do governo [de reforma Trabalhista] é tímida, acho que há temas que precisamos avançar", disse. Apresentado pela primeira vez há 19 anos, o projeto anistia débitos e penalidades aplicadas a empresas que praticam terceirização.

Caio mantém produção e Irizar apresenta queda, destaca imprensa especializada -    O Jornal do Comércio, um dos mais importantes veículos do Rio Grande do Sul, abordou nesta quinta-feira, dia 04, a produção de carroceria de ônibus no Brasil entre as principais empresas do ramo. Comil e Marcopolo, duas das principais do mercado são gaúchas e apresentam números - http://acontecebotucatu.com.br/geral/caio-mantem-producao-e-irizar-apresenta-queda-destaca-imprens

Caio mantém produção e Irizar apresenta queda, destaca imprensa especializada - O Jornal do Comércio, um dos mais importantes veículos do Rio Grande do Sul, abordou nesta quinta-feira, dia 04, a produção de carroceria de ônibus no Brasil entre as principais empresas do ramo. Comil e Marcopolo, duas das principais do mercado são gaúchas e apresentam números - http://acontecebotucatu.com.br/geral/caio-mantem-producao-e-irizar-apresenta-queda-destaca-imprens

O ex-presidente da Construtora Odebrecht Benedicto Júnior, um dos delatores da Operação Lava Jato, disse nesta-quinta-feira, 2, em depoimento ao ministro Herman Benjamin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que na campanha de 2014 repassou R$ 9 milhões a políticos do PSDB e do PP e ao marqueteiro tucano a pedido do então candidato à Presidência Aécio Neves – presidente nacional da sigla. Segundo Benedicto, a doação foi feita via caixa 2.

O ex-presidente da Construtora Odebrecht Benedicto Júnior, um dos delatores da Operação Lava Jato, disse nesta-quinta-feira, 2, em depoimento ao ministro Herman Benjamin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que na campanha de 2014 repassou R$ 9 milhões a políticos do PSDB e do PP e ao marqueteiro tucano a pedido do então candidato à Presidência Aécio Neves – presidente nacional da sigla. Segundo Benedicto, a doação foi feita via caixa 2.

O governo federal anunciou na noite desta quinta-feira (23/2) o deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR) como ministro da Justiça. Ele substitui Alexandre de Moraes, indicado pelo presidente Michel Temer para o Supremo Tribunal Federal.

O governo federal anunciou na noite desta quinta-feira (23/2) o deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR) como ministro da Justiça. Ele substitui Alexandre de Moraes, indicado pelo presidente Michel Temer para o Supremo Tribunal Federal.

O Brasil é uma comédia. Está na Folha: O ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura Benedito Júnior, o BJ, disse em depoimento ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nesta quinta-feira (2) que a empreiteira baiana doou R$...

O Brasil é uma comédia. Está na Folha: O ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura Benedito Júnior, o BJ, disse em depoimento ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nesta quinta-feira (2) que a empreiteira baiana doou R$...

| 23.02.2017 | Primeiro vice-presidente da Câmara e coordenador da bancada de Minas Gerais na Casa, o deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG) anunciou nesta quinta-feira, 23, rompimento pessoal com o governo Michel Temer. O anúncio foi uma reação à indicação do deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR) para o comando do Ministério da Justiça, cargo que era cobiçado pela bancada mineira.

| 23.02.2017 | Primeiro vice-presidente da Câmara e coordenador da bancada de Minas Gerais na Casa, o deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG) anunciou nesta quinta-feira, 23, rompimento pessoal com o governo Michel Temer. O anúncio foi uma reação à indicação do deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR) para o comando do Ministério da Justiça, cargo que era cobiçado pela bancada mineira.

Pinterest • O catálogo mundial de ideias
Pesquisar