Explora História Do Brasil, 14 Anos e outros!

Explorar tópicos relacionados

JOÃO CANDIDO(ALMIRANTE)Militar brasileiro, João Cândido Felisberto, o Almirante Negro, nasceu em 24 de junho de 1880 em Encruzilhada, Rio Grande do Sul, numa família de ex-escravos. Entrou para a Marinha do Brasil aos 14 anos, onde presenciou penalidades a chibatadas sobre seus companheiros, apesar de este tipo de castigo ter sido abolido em 1890. No ano de 1910, liderada por João Cândido, a tripulação da embarcação Minas Gerais se revoltou contra seu comandante, que castigara um dos…

JOÃO CANDIDO(ALMIRANTE)Militar brasileiro, João Cândido Felisberto, o Almirante Negro, nasceu em 24 de junho de 1880 em Encruzilhada, Rio Grande do Sul, numa família de ex-escravos. Entrou para a Marinha do Brasil aos 14 anos, onde presenciou penalidades a chibatadas sobre seus companheiros, apesar de este tipo de castigo ter sido abolido em 1890. No ano de 1910, liderada por João Cândido, a tripulação da embarcação Minas Gerais se revoltou contra seu comandante, que castigara um dos…

Curiosidades da História do Brasil - Os primeiros escravos da África foram trazidos para o Brasil no ano de 1538. Até a assinatura da Lei Áurea, em 1888, entraram no país algo em torno de 15 milhões de escravos. | O TRECO CERTO

Curiosidades da História do Brasil

Curiosidades da História do Brasil - Os primeiros escravos da África foram trazidos para o Brasil no ano de 1538. Até a assinatura da Lei Áurea, em 1888, entraram no país algo em torno de 15 milhões de escravos. | O TRECO CERTO

Navegação por assunto "Negros"

Navegação por assunto "Negros"

Zumbi dos Palmares Dia da Consciência Negra   História

Zumbi dos Palmares Dia da Consciência Negra História

Escrava Anastácia, or Anastácia the slave, was an 18th century Brazilian slave. She suffered a brutal existence because she refused to give in to the sexual desires of her master. Much of her life is the subject of folklore and is sometimes depicted with blue eyes. A woman of great beauty, she was muzzled with a mask and often suffered in silence. Today, throughout Brazil, many women wear the mask in public displays in honor of Anastácia as a sysmbol of resistance.

Escrava Anastácia, or Anastácia the slave, was an 18th century Brazilian slave. She suffered a brutal existence because she refused to give in to the sexual desires of her master. Much of her life is the subject of folklore and is sometimes depicted with blue eyes. A woman of great beauty, she was muzzled with a mask and often suffered in silence. Today, throughout Brazil, many women wear the mask in public displays in honor of Anastácia as a sysmbol of resistance.

Brasil - Princesa Isabel. Por Joaquim Insley Pacheco, cerca de 1870. Rio de Janeiro, RJ

Conheça o portal com fotografias que contam a história do Brasil

Brasil - Princesa Isabel. Por Joaquim Insley Pacheco, cerca de 1870. Rio de Janeiro, RJ

Nobreza de alma e simplicidade na vida da Princesa Isabel

Nobreza de alma e simplicidade na vida da Princesa Isabel

Leopoldina de Bragança e Bourbon – Leopoldina Teresa Francisca Carolina Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança e Bourbon (Rio de Janeiro, 13 de julho de 1847 — Viena, 7 de fevereiro de 1871) era filha do imperador dom Pedro II e da imperatriz D. Teresa Cristina.  Princesa do Brasil por nascimento, dona Leopoldina renunciou aos seus títulos ao casar-se com Luís Augusto de Saxe-Coburgo-Gota, assumindo então os títulos de princesa de Saxe-Coburgo-Gota e duquesa de Saxe,

Leopoldina de Bragança e Bourbon – Leopoldina Teresa Francisca Carolina Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança e Bourbon (Rio de Janeiro, 13 de julho de 1847 — Viena, 7 de fevereiro de 1871) era filha do imperador dom Pedro II e da imperatriz D. Teresa Cristina. Princesa do Brasil por nascimento, dona Leopoldina renunciou aos seus títulos ao casar-se com Luís Augusto de Saxe-Coburgo-Gota, assumindo então os títulos de princesa de Saxe-Coburgo-Gota e duquesa de Saxe,

Navegação por assunto "Negros"

Navegação por assunto "Negros"

Dançarina de frevo no carnaval do Recife  Frevo/Carnival/Recife/Brazil

Frevo pernambucano pode se tornar patrimônio imaterial da humanidade

Dançarina de frevo no carnaval do Recife Frevo/Carnival/Recife/Brazil

Pinterest
Pesquisar