Explora Se Mostra, Olhar Mais e outros!

Explorar tópicos relacionados

"Chico Buarque retrata em suas canções várias feições do sexo feminino. Busca abordar todo o sentimentalismo aliado a características muitas vezes antitéticas, revelando um universo complexo, mas que se mostra pleno frente a um olhar cuidadoso e carregado de emoções que envolvem sua composição."

"Chico Buarque retrata em suas canções várias feições do sexo feminino. Busca abordar todo o sentimentalismo aliado a características muitas vezes antitéticas, revelando um universo complexo, mas que se mostra pleno frente a um olhar cuidadoso e carregado de emoções que envolvem sua composição."

Inside the Assistant Director’s Bag of Magic Tricks | THE INDEPENDENT INITIATIVE

Inside the Assistant Director’s Bag of Magic Tricks | THE INDEPENDENT INITIATIVE

"O erotismo das cenas sexuais é explícito. As descrições são cruas e absolutamente detalhadas. Miller descreve-se como tendo uma virilidade mitológica e um desejo insaciável, mas mostra-se muito orientado para o prazer feminino."

"O erotismo das cenas sexuais é explícito. As descrições são cruas e absolutamente detalhadas. Miller descreve-se como tendo uma virilidade mitológica e um desejo insaciável, mas mostra-se muito orientado para o prazer feminino."

O conto de Eça de Queirós mostra como a estética romântica não se aplica à realidade mundana. O autor revela o quanto a aparência, elemento primordial do Romantismo, é valorizada e o quanto ela corrói o que há de mais puro e essencial.

o singular contraste entre o romantismo e o realismo de eça de queirós

O conto de Eça de Queirós mostra como a estética romântica não se aplica à realidade mundana. O autor revela o quanto a aparência, elemento primordial do Romantismo, é valorizada e o quanto ela corrói o que há de mais puro e essencial.

"...Nesse caso, o amor se mostra como a artimanha dos desiludidos, que não suportam mais a vida e precisam de um estimulo poderoso que os mantenham vivos e os impeçam de se frustrar com o fluxo incerto e ininterrupto que é a vida. Essa característica extremamente volátil e mutável, que é inerente à nossa existência, pode assustar a qualquer um, sendo necessária uma ilha imóvel, uma lembrança imóvel, que suscite sentimentos poderosos e que nos permita suportar a existência."

uma das concepções sobre o amor, do autor robert musil, contida no livro o homem sem qualidades

"...Nesse caso, o amor se mostra como a artimanha dos desiludidos, que não suportam mais a vida e precisam de um estimulo poderoso que os mantenham vivos e os impeçam de se frustrar com o fluxo incerto e ininterrupto que é a vida. Essa característica extremamente volátil e mutável, que é inerente à nossa existência, pode assustar a qualquer um, sendo necessária uma ilha imóvel, uma lembrança imóvel, que suscite sentimentos poderosos e que nos permita suportar a existência."

"Tomando emprestado da filósofa Simone de Beauvoir a expressão “Crianças Infladas”, o autor mostra que está cada dia mais comum hoje se encontrar um número significativo de jovens adultos que prolongam sua adolescência, influenciados pela sociedade, com a tolerância ou até incentivo da família. Para tanto, foi cunhado o termo a "Adultescência" da Geração X."

a sociedade dos bebês

"Tomando emprestado da filósofa Simone de Beauvoir a expressão “Crianças Infladas”, o autor mostra que está cada dia mais comum hoje se encontrar um número significativo de jovens adultos que prolongam sua adolescência, influenciados pela sociedade, com a tolerância ou até incentivo da família. Para tanto, foi cunhado o termo a "Adultescência" da Geração X."

"Mas que vantagem tem um pessimista, você me perguntaria. Na essência a de não se abalar com as tristezas da vida. De não se castigar por não andar com os dentes a mostra. De não viver uma vida de futilidades que aparentam felicidade. De estando numa suposta escuridão dar valor para aquela luz no fim do túnel."

seja pessimista, deixe essa coisa de felicidade para os fracos

"Mas que vantagem tem um pessimista, você me perguntaria. Na essência a de não se abalar com as tristezas da vida. De não se castigar por não andar com os dentes a mostra. De não viver uma vida de futilidades que aparentam felicidade. De estando numa suposta escuridão dar valor para aquela luz no fim do túnel."

"...Este é um paradoxo interessante. Vivemos em um período que falamos tudo nas redes sociais, participar deste movimento faz parte do existir coletivamente. Expomos gostos e opiniões sem economizar caracteres. Mesmo não falando diretamente a própria opinião sobre algo, o simples fato de compartilhar qualquer conteúdo mostra sobre a personalidade de quem expôs."

envergonhe-se!

"...Este é um paradoxo interessante. Vivemos em um período que falamos tudo nas redes sociais, participar deste movimento faz parte do existir coletivamente. Expomos gostos e opiniões sem economizar caracteres. Mesmo não falando diretamente a própria opinião sobre algo, o simples fato de compartilhar qualquer conteúdo mostra sobre a personalidade de quem expôs."

"O livro foi lançado, originalmente, em 1956, como folhetim na revista Cruzeiro e, quem diria, em 1972 como romance pela sua autora Lúcia Machado de Almeida. A obra fala sobre crimes, assassinatos, serial killers e investigação. Ela mostra Alberto, jovem estudante de medicina que, após descobrir a morte do seu irmão Hugo, resolve investigar o caso e se vê envolvido numa sequência de assassinatos em série."

o retorno do escaravelho do diabo

"O livro foi lançado, originalmente, em 1956, como folhetim na revista Cruzeiro e, quem diria, em 1972 como romance pela sua autora Lúcia Machado de Almeida. A obra fala sobre crimes, assassinatos, serial killers e investigação. Ela mostra Alberto, jovem estudante de medicina que, após descobrir a morte do seu irmão Hugo, resolve investigar o caso e se vê envolvido numa sequência de assassinatos em série."

"De forma brilhante, o filme mostra que as fragilidades inerentes à nossa humanidade são superadas por uma força antagônica e complementar que todos carregamos, que é a nossa vontade. É a vontade, como energia ativa, que transforma nossas vidas e nos redime da miséria humana."

as chaves de casa: a vontade e o amor como forças de superação humana

"De forma brilhante, o filme mostra que as fragilidades inerentes à nossa humanidade são superadas por uma força antagônica e complementar que todos carregamos, que é a nossa vontade. É a vontade, como energia ativa, que transforma nossas vidas e nos redime da miséria humana."

Pinterest
Pesquisar