Explora Sobre Portas, Imposto Sobre e outros!

Explorar tópicos relacionados

Imposto sobre as janelas. Até ao final do século XVII, o rei Guilherme III de Inglaterra, cobrava uma taxa por cada janela que uma casa possuía. O dinheiro deste fundo serviu para financiar a guerra no país. No entanto, ele não estava sozinho. No México, Antonio López de Santa Anna aplicou o mesmo imposto sobre portas e janelas.

Imposto sobre as janelas. Até ao final do século XVII, o rei Guilherme III de Inglaterra, cobrava uma taxa por cada janela que uma casa possuía. O dinheiro deste fundo serviu para financiar a guerra no país. No entanto, ele não estava sozinho. No México, Antonio López de Santa Anna aplicou o mesmo imposto sobre portas e janelas.

Na Rússia de 1708, sob o reinado de Pedro, o Grande, ele elaborou um plano estratégico para a criação de novos impostos, sendo assim criou: um imposto para tomar banho, um imposto sobre barba, seguido por outro imposto sobre o bigode, um imposto sobre chapéu e uso de botas e muitos outros.

Na Rússia de 1708, sob o reinado de Pedro, o Grande, ele elaborou um plano estratégico para a criação de novos impostos, sendo assim criou: um imposto para tomar banho, um imposto sobre barba, seguido por outro imposto sobre o bigode, um imposto sobre chapéu e uso de botas e muitos outros.

Você vai ao banheiro, você tem que pagar. Em 2004, para proteger as águas próximas, Maryland, nos EUA, instituiu o imposto da descarga. Todos os donos de sistemas sépticos passaram a pagar uma taxa adicional para o tratamento de esgoto – os fundos são revertidos a novos tratamentos sépticos que reduzem o nitrogênio da água tratada, impedindo colapso em ecossistemas.

Os 10 mais estranhos impostos do mundo

Você vai ao banheiro, você tem que pagar. Em 2004, para proteger as águas próximas, Maryland, nos EUA, instituiu o imposto da descarga. Todos os donos de sistemas sépticos passaram a pagar uma taxa adicional para o tratamento de esgoto – os fundos são revertidos a novos tratamentos sépticos que reduzem o nitrogênio da água tratada, impedindo colapso em ecossistemas.

IMPOSTO SOBRE OBESIDADE: Nas Filipinas discutiu-se a proposta de se implementar um imposto sobre os cidadãos que não controlam o peso, como incentivo a que façam mais exercício e uma alimentação saudável. A medida não foi aprovada porque foi considerada discriminatória.

IMPOSTO SOBRE OBESIDADE: Nas Filipinas discutiu-se a proposta de se implementar um imposto sobre os cidadãos que não controlam o peso, como incentivo a que façam mais exercício e uma alimentação saudável. A medida não foi aprovada porque foi considerada discriminatória.

Você sabia? A partir de 1963 o contribuinte passou a ser obrigado a apresentar detalhes dos seus bens patrimoniais. Entretanto, em 1982, um contribuinte apresentou uma declaração muito mais detalhada. Nela informou peças íntimas do vestuário, quantidade de talheres, pratos, louças, panelas, sapatos, camisas, calças, meias, lâmpadas, móveis, material de cama e mesa, discos, livros.

Você sabia? A partir de 1963 o contribuinte passou a ser obrigado a apresentar detalhes dos seus bens patrimoniais. Entretanto, em 1982, um contribuinte apresentou uma declaração muito mais detalhada. Nela informou peças íntimas do vestuário, quantidade de talheres, pratos, louças, panelas, sapatos, camisas, calças, meias, lâmpadas, móveis, material de cama e mesa, discos, livros.

Imposto por ser bonito. No Japão, Takuro Morinaga, um economista de renome, propôs a implementação de uma taxa a todos os homens solteiros e fisicamente atrativos. A proposta também inclui uma redução nos impostos aos homens menos interessantes fisicamente. Para decidir quem tem que pagar iria existir um júri composto por cinco mulheres.

Imposto por ser bonito. No Japão, Takuro Morinaga, um economista de renome, propôs a implementação de uma taxa a todos os homens solteiros e fisicamente atrativos. A proposta também inclui uma redução nos impostos aos homens menos interessantes fisicamente. Para decidir quem tem que pagar iria existir um júri composto por cinco mulheres.

Empresa é condenada por frase em holerite

Empresa é condenada por frase em holerite

"Não desanime, pois até um pé na bunda te empurra pra frente." Por causa dessa frase, impressa em contracheques entregues aos seus funcionários,

Pedro, o Grande, Czar da Rússia resolveu que todo mundo que possuía alma deveria pagar um imposto por ela (isso no ano de 1718). Ele não era um cara religioso e não acreditava no conceito de alma, mesmo assim fazia outros ateus pagarem um imposto por sua não-religiosidade, que era o equivalente ao imposto da alma. Ele também cobrava imposto de pessoas com barba, chapéus, botas, chaminés, casamentos, nascimentos e funerais.

Pedro, o Grande, Czar da Rússia resolveu que todo mundo que possuía alma deveria pagar um imposto por ela (isso no ano de 1718). Ele não era um cara religioso e não acreditava no conceito de alma, mesmo assim fazia outros ateus pagarem um imposto por sua não-religiosidade, que era o equivalente ao imposto da alma. Ele também cobrava imposto de pessoas com barba, chapéus, botas, chaminés, casamentos, nascimentos e funerais.

Imposto sobre tatuagens. No estado americano do Arkansas, desde 2002 que quem quer fazer uma tatuagem tem que pagar uma taxa de 6% sobre o valor total. O valor é pago aos locais especializados que o entregam posteriormente ao governo.

Imposto sobre tatuagens. No estado americano do Arkansas, desde 2002 que quem quer fazer uma tatuagem tem que pagar uma taxa de 6% sobre o valor total. O valor é pago aos locais especializados que o entregam posteriormente ao governo.

Grã-Bretanha é famosa em toda a Europa por seu número de leis ridículas e impostos que datam centenas de anos. Mais de duas mil leis foram revogadas ao longo de sua história.  No entanto, a lei mais absurda é a que proíbe a morte de um funcionário do governo dentro do parlamento.  E ainda tem mais, caso isso ocorra o defunto pode ser preso.

Grã-Bretanha é famosa em toda a Europa por seu número de leis ridículas e impostos que datam centenas de anos. Mais de duas mil leis foram revogadas ao longo de sua história. No entanto, a lei mais absurda é a que proíbe a morte de um funcionário do governo dentro do parlamento. E ainda tem mais, caso isso ocorra o defunto pode ser preso.

Pinterest
Pesquisar