Explora Governo Temer, Diversão Games e outros!

Delação da Odebrecht pode atingir ministros, avalia Planalto

Delação da Odebrecht pode atingir ministros, avalia Planalto

Além d'Arena: A restauração neoliberal sob o (des)governo Temer

Além d'Arena: A restauração neoliberal sob o (des)governo Temer

CONSTITUINTE EXCLUSIVA, JÁ! http://almirquites.blogspot.com/2017/04/constituinte-exclusiva-ja.html O Governo Temer e o Congresso Nacional, órgãos vitais do país, estão afogados num mar de lama pútrida.

CONSTITUINTE EXCLUSIVA, JÁ! http://almirquites.blogspot.com/2017/04/constituinte-exclusiva-ja.html O Governo Temer e o Congresso Nacional, órgãos vitais do país, estão afogados num mar de lama pútrida.

Pedro Rafael Vilela Do Brasil de Fato Fundada em 1663, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), uma das mais antigas do país, vive no governo do presidente golpista, Michel Temer, a pior fase de sua história. A direção da estatal alega um déficit acumulado de mais R$ 4 bilhões nos últimos dois anos …

Pedro Rafael Vilela Do Brasil de Fato Fundada em 1663, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), uma das mais antigas do país, vive no governo do presidente golpista, Michel Temer, a pior fase de sua história. A direção da estatal alega um déficit acumulado de mais R$ 4 bilhões nos últimos dois anos …

Renan rompe de vez com Temer e ataca o governo

Renan rompe de vez com Temer e ataca o governo

No ano em que o Brasil viveu um golpe parlamentar contra a presidente Dilma Rousseff e viu a produção de suas riquezas encolherem 3,6%, os bancos brasileiros conseguiram se manter como o setor que mais lucrou no País em 2016; segundo levantamento da consultoria Economatica, 23 instituições bancárias com capital na Bovespa conseguiram lucrar R$ 48,595 bilhões no ano passado; Itau Unibanco, que cedeu seu economista chefe para o Banco Central no governo de Michel Temer, foi o banco que mais…

No ano em que o Brasil viveu um golpe parlamentar contra a presidente Dilma Rousseff e viu a produção de suas riquezas encolherem 3,6%, os bancos brasileiros conseguiram se manter como o setor que mais lucrou no País em 2016; segundo levantamento da consultoria Economatica, 23 instituições bancárias com capital na Bovespa conseguiram lucrar R$ 48,595 bilhões no ano passado; Itau Unibanco, que cedeu seu economista chefe para o Banco Central no governo de Michel Temer, foi o banco que mais…

SUED E PROSPERIDADE: Quase todo o governo Temer e base aliada do Senado...

SUED E PROSPERIDADE: Quase todo o governo Temer e base aliada do Senado...

G.H.: O estranho silêncio de Aécio Neves

G.H.: O estranho silêncio de Aécio Neves

O contrate entre as duas imagens acima é marcante; no dia 15 de março, quando mais de 1 milhão de brasileiros foram às ruas para garantir direitos básicos como a Previdência, uma Paulista lotada; neste 26 de março, a mesma avenida vazia, comprovando que movimentos como MBL e Vem pra Rua, instrumentos do golpe de 2016, perderam a capacidade de mobilização depois que seu governo – o de Michel Temer – produziu a maior depressão econômica de todos os tempos, rasgou a CLT, tenta acabar com as…

O contrate entre as duas imagens acima é marcante; no dia 15 de março, quando mais de 1 milhão de brasileiros foram às ruas para garantir direitos básicos como a Previdência, uma Paulista lotada; neste 26 de março, a mesma avenida vazia, comprovando que movimentos como MBL e Vem pra Rua, instrumentos do golpe de 2016, perderam a capacidade de mobilização depois que seu governo – o de Michel Temer – produziu a maior depressão econômica de todos os tempos, rasgou a CLT, tenta acabar com as…

O Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, vai encaminhar ao Supremo Tribunal Federal (STF) nos próximos dias os primeiros nomes dos políticos acusados de corrupção com base na delação do fim do mundo, a série de depoimentos de executivos da Odebrecht que promete transformar de vez a Operação Lava Jato em um escândalo quase universal na elite política brasileira. Ao menos dois ministros do Governo de Michel Temer devem estar na lista.

Nova lista de Janot abre temporada do ‘salve-se quem puder’ em Brasília

O Procurador-geral da República, Rodrigo Janot, vai encaminhar ao Supremo Tribunal Federal (STF) nos próximos dias os primeiros nomes dos políticos acusados de corrupção com base na delação do fim do mundo, a série de depoimentos de executivos da Odebrecht que promete transformar de vez a Operação Lava Jato em um escândalo quase universal na elite política brasileira. Ao menos dois ministros do Governo de Michel Temer devem estar na lista.

Pinterest
Pesquisar