Explora Estreita De, Folha Estreita e outros!

15. Limpeza Terminada a impressão, recolhe-se a tinta restante na matriz e coloca-se na lata. Nessa operação pode-se usar uma folha estreita de cartolina ou uma espátula de ferro sendo que com esta última, deve-se tomar muito cuidado par não ferir o tecido da matriz.

15. Limpeza Terminada a impressão, recolhe-se a tinta restante na matriz e coloca-se na lata. Nessa operação pode-se usar uma folha estreita de cartolina ou uma espátula de ferro sendo que com esta última, deve-se tomar muito cuidado par não ferir o tecido da matriz.

These make me uncomfortable

These make me uncomfortable

10. A preparação da Matriz Embora existam diversos métodos para a preparação de matrizes serigráficas, dois desses métodos se destacam como os preferidos dos serígrafos. São: a matriz com filme de recorte e a matriz feita pelo processo fotográfico direto. Antes que esses dois processos sejam explicados aqui, mencionaremos outros de procedimento mais simples mas que podem ser de grande utilidade, dependendo do trabalho a ser executado.

10. A preparação da Matriz Embora existam diversos métodos para a preparação de matrizes serigráficas, dois desses métodos se destacam como os preferidos dos serígrafos. São: a matriz com filme de recorte e a matriz feita pelo processo fotográfico direto. Antes que esses dois processos sejam explicados aqui, mencionaremos outros de procedimento mais simples mas que podem ser de grande utilidade, dependendo do trabalho a ser executado.

10. A preparação da Matriz O tempo de exposição à luz varia de acordo com o tamanho do quadro, a quantidade e o tipo de lâmpada existente na mesa e o tipo de motivo a ser gravado. Somente a experiência levará o serígrafo a saber com relativa precisão o tempo necessário a cada gravação. Como auxílio, daremos aqui o tempo empregado usualmente de acordo com o tipo de lâmpada para matrizes de tamanho médio (mais ou menos 60X80cm).

10. A preparação da Matriz O tempo de exposição à luz varia de acordo com o tamanho do quadro, a quantidade e o tipo de lâmpada existente na mesa e o tipo de motivo a ser gravado. Somente a experiência levará o serígrafo a saber com relativa precisão o tempo necessário a cada gravação. Como auxílio, daremos aqui o tempo empregado usualmente de acordo com o tipo de lâmpada para matrizes de tamanho médio (mais ou menos 60X80cm).

11. A Impressão A impressão serigráfica em princípio é muito fácil. Mas existem maneiras diferentes de se imprimir. Primeiro o serígrafo deve contar com uma base sólida que tanto pode ser uma mesa de impressão fabricada pela indústria especializada, quanto uma mesa comum ou bancada, desde que seja plana e bem firme.

11. A Impressão A impressão serigráfica em princípio é muito fácil. Mas existem maneiras diferentes de se imprimir. Primeiro o serígrafo deve contar com uma base sólida que tanto pode ser uma mesa de impressão fabricada pela indústria especializada, quanto uma mesa comum ou bancada, desde que seja plana e bem firme.

How to screen print at home! A little intense but creates beautiful results and can be used for thousands of projects. (Also a great blog you should really check her out)

How to screen print at home! A little intense but creates beautiful results and can be used for thousands of projects. (Also a great blog you should really check her out)

Children will look at the art of Georgia O'Keefe.  They will learn about oil pastels.   They will draw a picture inspired by the art of Georgia O'Keefe.  Und, zay vill like it!

Children will look at the art of Georgia O'Keefe. They will learn about oil pastels. They will draw a picture inspired by the art of Georgia O'Keefe. Und, zay vill like it!

17. É Bom Saber A serigrafia é uma realidade. Entretanto, nenhuma atividade humana pode ser desempenhada com absoluta perfeição da noite para o dia, como se fora um passe de mágica. O leitor deve lembrar-se de que em qualquer empreendimento o sucesso é resultado do constante aperfeiçoamento. Por isso é necessário persistir e não desanimar ante o fracasso das primeiras tentativas.

17. É Bom Saber A serigrafia é uma realidade. Entretanto, nenhuma atividade humana pode ser desempenhada com absoluta perfeição da noite para o dia, como se fora um passe de mágica. O leitor deve lembrar-se de que em qualquer empreendimento o sucesso é resultado do constante aperfeiçoamento. Por isso é necessário persistir e não desanimar ante o fracasso das primeiras tentativas.

8. Produtos Auxiliares Em serigrafia como em qualquer outra atividade humana, são utilizados diversos utensílios que servem para facilitar ou para auxiliar o homem nas operações exigidas pelo trabalho. Chamamos esses utensílios ou ferramentas de “produtos auxiliares”. Alguns produtos químicos estão incluídos nesta classificação. Preparamos uma lista destes materiais com as respectivas definições ou aplicações.

8. Produtos Auxiliares Em serigrafia como em qualquer outra atividade humana, são utilizados diversos utensílios que servem para facilitar ou para auxiliar o homem nas operações exigidas pelo trabalho. Chamamos esses utensílios ou ferramentas de “produtos auxiliares”. Alguns produtos químicos estão incluídos nesta classificação. Preparamos uma lista destes materiais com as respectivas definições ou aplicações.

Pinterest
Pesquisar