Explora Perfeita Quanto, Tão Perfeita e outros!

Explorar tópicos relacionados

Para que me fique inteira esta figura do professor hei-de juntar-lhe uma curiosidade universal, uma helénica elasticidade e juventude espiritual: não o quero especialista..  Há-de pois ter o espírito aberto a todas as correntes, nau pronta a sulcar todos os mares; mais do que a ninguém compete-lhe ter uma ideia do mundo tão perfeita quanto possível.. Esta exigência lhe assegura.. o entusiasmo e a alegria que requer a missão pedagógica.  ~ Agostinho da Silva, Considerações [1944]

Para que me fique inteira esta figura do professor hei-de juntar-lhe uma curiosidade universal, uma helénica elasticidade e juventude espiritual: não o quero especialista.. Há-de pois ter o espírito aberto a todas as correntes, nau pronta a sulcar todos os mares; mais do que a ninguém compete-lhe ter uma ideia do mundo tão perfeita quanto possível.. Esta exigência lhe assegura.. o entusiasmo e a alegria que requer a missão pedagógica. ~ Agostinho da Silva, Considerações [1944]

#despertar Certos imitadores meus, na terra e acima da terra, são perigosos, como todos os plagiários, porque não conhecem o segredo da minha maneira de ser.. Talvez, no fundo imenso do abismo, Deus mesmo me busque, para que eu o complete, mas a maldição.. paira sobre ele e sobre mim, separa-nos quando nos devera unir, para que a vida e o que desejamos dela fossem uma só coisa. ~ Fernando Pessoa, A Hora do Diabo | individualist by Dyrk.Wyst, via Flickr

#despertar Certos imitadores meus, na terra e acima da terra, são perigosos, como todos os plagiários, porque não conhecem o segredo da minha maneira de ser.. Talvez, no fundo imenso do abismo, Deus mesmo me busque, para que eu o complete, mas a maldição.. paira sobre ele e sobre mim, separa-nos quando nos devera unir, para que a vida e o que desejamos dela fossem uma só coisa. ~ Fernando Pessoa, A Hora do Diabo | individualist by Dyrk.Wyst, via Flickr

the corporation - advertisements targeting children

the corporation - advertisements targeting children

True.

True.

Toda a metafísica é a procura da verdade, entendendo por Verdade, a verdade absoluta. ..Se existe fora das minhas sensações, é uma coisa de que eu nunca posso estar certo, não existe para mim portanto, é, para mim, não só o contrário da certeza, porque só das minhas sensações estou certo, mas o contrário de ser porque a única coisa que existe para mim são as minhas sensações. Fernando Pessoa  s.d. Textos Fil. . Vol. II Lisboa Ática 1968  Almada Negreiros, painel “Começar”, Gulbenkian, 1969

120 anos de Almada Negreiros [Fotogaleria]

Toda a metafísica é a procura da verdade, entendendo por Verdade, a verdade absoluta. ..Se existe fora das minhas sensações, é uma coisa de que eu nunca posso estar certo, não existe para mim portanto, é, para mim, não só o contrário da certeza, porque só das minhas sensações estou certo, mas o contrário de ser porque a única coisa que existe para mim são as minhas sensações. Fernando Pessoa s.d. Textos Fil. . Vol. II Lisboa Ática 1968 Almada Negreiros, painel “Começar”, Gulbenkian, 1969

children will not remember you for the things you provided But for the feeling that you cherished them.

Shared Rooms

children will not remember you for the things you provided But for the feeling that you cherished them.

Word.

Word.

#despertar Devo dizer-lho, verdadeiramente não existo. ..  Quantas vezes Deus me disse, citando Antero de Quental, "Ai de mim! ai de mim! e quem sou eu?" Quantas vezes Deus me disse: "Meu irmão, não sei quem sou." .. Ele é o Sol, eu sou a Lua.   ~ Fernando Pessoa, A Hora do Diabo | Massimo Margagnoni

#despertar Devo dizer-lho, verdadeiramente não existo. .. Quantas vezes Deus me disse, citando Antero de Quental, "Ai de mim! ai de mim! e quem sou eu?" Quantas vezes Deus me disse: "Meu irmão, não sei quem sou." .. Ele é o Sol, eu sou a Lua. ~ Fernando Pessoa, A Hora do Diabo | Massimo Margagnoni

Raising a Compassionate Child In the Age of Entitlement

Raising a Compassionate Child In the Age of Entitlement

De que te serve o quadro sucessivo das imagens externas A que chamamos o mundo? (...) De que te serve o teu mundo interior que desconheces? Talvez, matando-te, o conheças finalmente... (...) Ah, pobre vaidade de carne e osso chamada homem, Não vês que não tens importância absolutamente nenhuma? És importante para ti, porque é a ti que te sentes. És tudo para ti, porque para ti és o universo.. Álvaro de Campos  26-4-1926 Poesias de Álvaro de Campos.

De que te serve o quadro sucessivo das imagens externas A que chamamos o mundo? (...) De que te serve o teu mundo interior que desconheces? Talvez, matando-te, o conheças finalmente... (...) Ah, pobre vaidade de carne e osso chamada homem, Não vês que não tens importância absolutamente nenhuma? És importante para ti, porque é a ti que te sentes. És tudo para ti, porque para ti és o universo.. Álvaro de Campos 26-4-1926 Poesias de Álvaro de Campos.

Pinterest
Pesquisar