Explora Deputado Fala, Chegou Aqui e outros!

Explorar tópicos relacionados

Deputado fala o improvável no Congresso “Somos marajás sim A crise não chegou aqui no Congresso".

Deputado fala o improvável no Congresso “Somos marajás sim A crise não chegou aqui no Congresso".

ÁUDIO COMPLETO ENTRE ROMERO JUCÁ E SÉRGIO MACHADO - LAVA JATO - 23/05/2016

ÁUDIO COMPLETO ENTRE ROMERO JUCÁ E SÉRGIO MACHADO - LAVA JATO - 23/05/2016

Mais um da córdia do PT, atrás das grades... Líder do governo no Senado, Delcidio do Amaral é preso pela Polícia Federal

Mais um da córdia do PT, atrás das grades... Líder do governo no Senado, Delcidio do Amaral é preso pela Polícia Federal

Enquanto associação de delegados da Polícia Federal se diz preocupada com 'independência', magistrados e cientistas políticos destacam que autonomia da PF não justifica abusos contra Constituição

Enquanto associação de delegados da Polícia Federal se diz preocupada com 'independência', magistrados e cientistas políticos destacam que autonomia da PF não justifica abusos contra Constituição

Sérgio Moro argumentou que carceragem da Polícia Federal, no Paraná, não comporta "número significativo de presos"

Sérgio Moro argumentou que carceragem da Polícia Federal, no Paraná, não comporta "número significativo de presos"

G1 - Condenados no mensalão se entregam à Polícia Federal - notícias em Julgamento do mensalão

G1 - Condenados no mensalão se entregam à Polícia Federal - notícias em Julgamento do mensalão

De coadjuvante, Newton Hidenori Ishii tornou-se um dos personagens principais da crônica política no Brasil. Chefe do Núcleo de Operações da Polícia Federal de...

De coadjuvante, Newton Hidenori Ishii tornou-se um dos personagens principais da crônica política no Brasil. Chefe do Núcleo de Operações da Polícia Federal de...

Lindbergh Farias e HUMILHADO em Aeroporto GENTE OLHA O LADRAO PETISTA AQUI

Lindbergh Farias e HUMILHADO em Aeroporto GENTE OLHA O LADRAO PETISTA AQUI

O JUIZ SERGIO FERNANDO MORO: seu mundo discreto começou a virar pelo avesso em 11 de julho de 2013, quando ele autorizou a polícia federal a fazer “escuta telefônica e telemática” contra um obscuro doleiro

O JUIZ SERGIO FERNANDO MORO: seu mundo discreto começou a virar pelo avesso em 11 de julho de 2013, quando ele autorizou a polícia federal a fazer “escuta telefônica e telemática” contra um obscuro doleiro

Pinterest
Pesquisar