Explora Decoração Criativa, Decoração Casa e outros!

Explorar tópicos relacionados

DECORAÇÃO CRIATIVA NO APARTAMENTO ALUGADO | Casa de Valentina

DECORAÇÃO CRIATIVA NO APARTAMENTO ALUGADO | Casa de Valentina

SOBRADOS PEQUENOS DECORADOS com estilo (40 ambientes) - Bela & Estilos

SOBRADOS PEQUENOS DECORADOS com estilo (40 ambientes) - Bela & Estilos

Joana Amin e Flávia Wendhausen priorizam a atmosfera acolhedora e o conforto no projeto, um loft multiuso que integra as funções de dormitório, office, estar, jantar e cozinha. Com este conceito, mantiveram as características estruturais do ambiente. O layout é descontraído, composto de móveis em linhas retas que combinam materiais rústicos, elementos naturais e acabamentos artesanais. O vermelho e tons terrosos surgem de forma pontual em objetos de decoração e obras de arte.

Joana Amin e Flávia Wendhausen priorizam a atmosfera acolhedora e o conforto no projeto, um loft multiuso que integra as funções de dormitório, office, estar, jantar e cozinha. Com este conceito, mantiveram as características estruturais do ambiente. O layout é descontraído, composto de móveis em linhas retas que combinam materiais rústicos, elementos naturais e acabamentos artesanais. O vermelho e tons terrosos surgem de forma pontual em objetos de decoração e obras de arte.

Decoração Casa,Home Decor

Localizado na cidade de Belo Horizonte, o edifício Serramares, projetado por Joel Campolina há 26 anos, se revela ainda hoje um exemplo de habitação contemporânea. A construção cheia de peculiaridades inspirou a concepção desse loft de 75m2, assinado pelas arquitetas e irmãs Fernanda e Marina Dubal. Caixilharia de ferro, concreto e alvenarias aparentes foram alguns dos elementos valorizados pelo projeto, que também preservou o layout integrado já existente.

Localizado na cidade de Belo Horizonte, o edifício Serramares, projetado por Joel Campolina há 26 anos, se revela ainda hoje um exemplo de habitação contemporânea. A construção cheia de peculiaridades inspirou a concepção desse loft de 75m2, assinado pelas arquitetas e irmãs Fernanda e Marina Dubal. Caixilharia de ferro, concreto e alvenarias aparentes foram alguns dos elementos valorizados pelo projeto, que também preservou o layout integrado já existente.

Esse apartamento em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, é cheio de adjetivos: moderno, masculino, elegante, descolado… Para os moradores, um jovem casal e suas três gatas, a decoração deveria sintetizar todos esses conceitos e ainda trazer máximo aconchego. O equilíbrio perfeito foi conquistado pelas arquitetas Carla Tortelli e Luana Fernandes, do escritório Arquitetando …

Esse apartamento em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul, é cheio de adjetivos: moderno, masculino, elegante, descolado… Para os moradores, um jovem casal e suas três gatas, a decoração deveria sintetizar todos esses conceitos e ainda trazer máximo aconchego. O equilíbrio perfeito foi conquistado pelas arquitetas Carla Tortelli e Luana Fernandes, do escritório Arquitetando …

A arquiteta Izabela Lessa. A cama Dolce Vita é de Roberto Tapinassi e Maurício Manzoni, chaise Terminal é de Jean-Marie Massaud. O sofá Luiz, de Antonio Citterio, carrinho bar Totó, de Isay Weinfeld, com mesa lateral Tubb e a mesa de centro Bank, de Jader Almeida. O tom predominante é o mel. A divisória em espelhos possui smartTVs embutidas. As cortinas de tecido em linho natural e a persiana pirouette branca são da Guilha. A iluminação é uma parceria de Maneco Quinderé e La Lampe.

A arquiteta Izabela Lessa. A cama Dolce Vita é de Roberto Tapinassi e Maurício Manzoni, chaise Terminal é de Jean-Marie Massaud. O sofá Luiz, de Antonio Citterio, carrinho bar Totó, de Isay Weinfeld, com mesa lateral Tubb e a mesa de centro Bank, de Jader Almeida. O tom predominante é o mel. A divisória em espelhos possui smartTVs embutidas. As cortinas de tecido em linho natural e a persiana pirouette branca são da Guilha. A iluminação é uma parceria de Maneco Quinderé e La Lampe.

rodape branco e parede escura

Rodapé branco na decoração

rodape branco e parede escura

Eduardo Titton Fontana é hoje produtor de eventos, há cinco anos, encontrado esta casa em Porto Alegre, na qual vive e trabalha. Surpreendido pelos 246 m² de área atrás da fachada de apenas 3,60 m de largura, consultou a prima e arquiteta, Cláudia Titton, do escritório Illa, com o objetivo de reformar o interior. Manteve-se a arejada configuração de loft, com pé-direito duplo, mezanino e terraço – estrutura herdada do projeto assinado pela UMA Arquitetura para o antigo proprietário.

Terreno de 3,60 m de largura abriga loft descolado

Eduardo Titton Fontana é hoje produtor de eventos, há cinco anos, encontrado esta casa em Porto Alegre, na qual vive e trabalha. Surpreendido pelos 246 m² de área atrás da fachada de apenas 3,60 m de largura, consultou a prima e arquiteta, Cláudia Titton, do escritório Illa, com o objetivo de reformar o interior. Manteve-se a arejada configuração de loft, com pé-direito duplo, mezanino e terraço – estrutura herdada do projeto assinado pela UMA Arquitetura para o antigo proprietário.

Imagem

Imagem

Pinterest
Pesquisar