Explora Lixa, Quinta e outros!

Explorar tópicos relacionados

Vinhos Verdes Quinta da Lixa

Vinhos Verdes Quinta da Lixa

Vinho verde Quinta da Lixa Alvarinho 2011.  Porto, Portugal

Vinho verde Quinta da Lixa Alvarinho 2011. Porto, Portugal

O tal vinho da Lixa. Na pequena cidade de Lixa, no Minho, esta vinícola cresceu, produzindo Vinhos Verdes secos e de ótima relação custo/benefício.

O tal vinho da Lixa. Na pequena cidade de Lixa, no Minho, esta vinícola cresceu, produzindo Vinhos Verdes secos e de ótima relação custo/benefício.

Chama-se ‘Quinta da Lixa – Vinhão 2014’, tem a assinatura do enólogo Carlos Teixeira e é o primeiro vinho verde tinto distinguido a este nível pela crítica americana, naquela que é considerada uma das mais influentes publicações do sector, a ‘Wine&Spirits’. Na sua edição do mês de Abril, esta revista publica uma seleção dos melhores vinhos tintos portugueses do ano, que pela primeira vez distingue um verde tinto, obtido exclusivamente com a casta Vinhão.

Chama-se ‘Quinta da Lixa – Vinhão 2014’, tem a assinatura do enólogo Carlos Teixeira e é o primeiro vinho verde tinto distinguido a este nível pela crítica americana, naquela que é considerada uma das mais influentes publicações do sector, a ‘Wine&Spirits’. Na sua edição do mês de Abril, esta revista publica uma seleção dos melhores vinhos tintos portugueses do ano, que pela primeira vez distingue um verde tinto, obtido exclusivamente com a casta Vinhão.

Vinho verde Quinta da Lixa Alvarinho 2011.  Porto, Portugal

Vinho verde Quinta da Lixa Alvarinho 2011. Porto, Portugal

Quinta da Lixa - O Tal Vinho da Lixa - Vinho Verde

Quinta da Lixa - O Tal Vinho da Lixa - Vinho Verde

Se for provar vinhos verdes na Quinta da Lixa vai ter esta vista na sala de provas © Viaje Comigo

Se for provar vinhos verdes na Quinta da Lixa vai ter esta vista na sala de provas © Viaje Comigo

Quinta da Lixa - O Tal Vinho da Lixa - Vinho Verde

Quinta da Lixa - O Tal Vinho da Lixa - Vinho Verde

Cultivada na região dos Vinhos Verdes, principalmente nas sub-regiões de Penafiel, Amarante e Basto. Essa é a Azal. Presente quase que exclusivamente no noroeste de Portugal, os sinônimos históricos e regionais mais comuns, para a Azal, são Azal da Lixa e Gadelhudo.

Azal

Cultivada na região dos Vinhos Verdes, principalmente nas sub-regiões de Penafiel, Amarante e Basto. Essa é a Azal. Presente quase que exclusivamente no noroeste de Portugal, os sinônimos históricos e regionais mais comuns, para a Azal, são Azal da Lixa e Gadelhudo.

HELDER BARROS: Amarante Vitivinicultura - A ideia inicial era recuperar o casarão rural para acolher esses hóspedes, mas a visão do arquiteto Fernando Coelho, nativo de Felgueiras e amigo de restauros, inspirou a Quinta da Lixa a fazer ali bem mais do que isso; o Monverde – Wine Experience Hotel nasceu assim, com aquela «casa para amigos do vinho», como refere o diretor do hotel, João Portugal, a evoluir para o primeiro hotel vínico da Rota dos Vinhos Verdes.

HELDER BARROS: Amarante Vitivinicultura - A ideia inicial era recuperar o casarão rural para acolher esses hóspedes, mas a visão do arquiteto Fernando Coelho, nativo de Felgueiras e amigo de restauros, inspirou a Quinta da Lixa a fazer ali bem mais do que isso; o Monverde – Wine Experience Hotel nasceu assim, com aquela «casa para amigos do vinho», como refere o diretor do hotel, João Portugal, a evoluir para o primeiro hotel vínico da Rota dos Vinhos Verdes.

Pinterest
Pesquisar