Explora Desenhos Animados e outros!

Páscoa chegando!

Páscoa chegando!

Sobre 2015:  Desejo que saibamos reaproveitar o que foi bom, e que isso se reflita em forma de gratidão e conhecimento aplicável para os dias vindouros.  Sobre 2016:  Que saibamos nos livrar de tudo o que nos faz mal no dia a dia, para que na nossa bagagem, carreguemos tão somente o amor produtivo.  Feliz 2016, meus amores!!!!!!

Sobre 2015: Desejo que saibamos reaproveitar o que foi bom, e que isso se reflita em forma de gratidão e conhecimento aplicável para os dias vindouros. Sobre 2016: Que saibamos nos livrar de tudo o que nos faz mal no dia a dia, para que na nossa bagagem, carreguemos tão somente o amor produtivo. Feliz 2016, meus amores!!!!!!

Está em Provérbios 23.21: “tanto os beberrões quanto os comilões vivem com sono e acabam na pobreza, vestindo trapos”. Mas tudo bem, porque é o Diabo quem veste Prada. Vou de trapo mesmo, mas de pancinha bem cheia.  Feliz Dia da Gula!

Está em Provérbios 23.21: “tanto os beberrões quanto os comilões vivem com sono e acabam na pobreza, vestindo trapos”. Mas tudo bem, porque é o Diabo quem veste Prada. Vou de trapo mesmo, mas de pancinha bem cheia. Feliz Dia da Gula!

Ai que vontade que dá!

Ai que vontade que dá!

Será o fim?

Será o fim?

Wix, meu amô!

Wix, meu amô!

Tirinha sobre ditadura.  *Para comprar o livro da Amely, escreva para mim no pryvieira@yahoo.com.br que eu passo as informações. ;)

Tirinha sobre ditadura. *Para comprar o livro da Amely, escreva para mim no pryvieira@yahoo.com.br que eu passo as informações. ;)

Bela, recatada e do bar

Bela, recatada e do bar

Analisando a vida selvagem, constato: um bebê é uma lupa de problemas conjugais. O maior índice de separações acontece até o quinto ano a partir do nascimento do rebento. Portanto, se sua intenção é ter um filho para “segurar o casamento” (my God... ainda tem gente que pensa assim!), reavalie sua estratégia, baby. Ao invés de fazer neném, que tal fazer um curso de pompoarismo? É mais fácil, mais barato e, talvez, mais eficaz para o propósito.  ;)

Analisando a vida selvagem, constato: um bebê é uma lupa de problemas conjugais. O maior índice de separações acontece até o quinto ano a partir do nascimento do rebento. Portanto, se sua intenção é ter um filho para “segurar o casamento” (my God... ainda tem gente que pensa assim!), reavalie sua estratégia, baby. Ao invés de fazer neném, que tal fazer um curso de pompoarismo? É mais fácil, mais barato e, talvez, mais eficaz para o propósito. ;)

Harmonia

Harmonia

Pinterest
Pesquisar