Explora Agradecer Sempre, Outro e outros!

Não estranhe o título. Escrito em 1910 por Wallace Wattles, este livro apresenta de uma forma prática e real que devemos ater fortemente nossos pensamentos no que queremos, materializar nossos objetivos, sempre de uma maneira direta, pensamentos certeiros em nossa riqueza, no que queremos. Querer fortemente e agradecer sempre, da mesma maneira, ao Universo. Este livro inspirou outro livro: "O Segredo", conhecido mundialmente.

Não estranhe o título. Escrito em 1910 por Wallace Wattles, este livro apresenta de uma forma prática e real que devemos ater fortemente nossos pensamentos no que queremos, materializar nossos objetivos, sempre de uma maneira direta, pensamentos certeiros em nossa riqueza, no que queremos. Querer fortemente e agradecer sempre, da mesma maneira, ao Universo. Este livro inspirou outro livro: "O Segredo", conhecido mundialmente.

Mais uma obra surpreendente de James Van Praagh. Ao lê-la é impossível permanecer o mesmo no decorrer da leitura. Li durante as minhas idas e vindas nos trens da CPTM e do Metrô de São Paulo. Em determinados momentos parava a leitura e via-me enxugando os olhos. Em uma das manhãs segui adiante no trem até a estação terminal e retornei para a estação que deveria ter descido, apenas para não interromper a leitura deste livro emocionante.

Mais uma obra surpreendente de James Van Praagh. Ao lê-la é impossível permanecer o mesmo no decorrer da leitura. Li durante as minhas idas e vindas nos trens da CPTM e do Metrô de São Paulo. Em determinados momentos parava a leitura e via-me enxugando os olhos. Em uma das manhãs segui adiante no trem até a estação terminal e retornei para a estação que deveria ter descido, apenas para não interromper a leitura deste livro emocionante.

Vale ressaltar que li "O Pequeno Príncipe" em minha adolescência... faz tempo! Por isso entra para esta galeria "meio atrasadinho". É assim: na correria do dia a dia lembro-me de um livro já lido que aqui não consta, registro em algum lugar, no celular ou em um papelote qualquer. E hoje, domingo, vem mais um para cá.

Vale ressaltar que li "O Pequeno Príncipe" em minha adolescência... faz tempo! Por isso entra para esta galeria "meio atrasadinho". É assim: na correria do dia a dia lembro-me de um livro já lido que aqui não consta, registro em algum lugar, no celular ou em um papelote qualquer. E hoje, domingo, vem mais um para cá.

Mário, seus poemas sempre presentes nas almas dos sensíveis. Este exemplar de Esconderijos do Tempo, recebi pelas mãos do próprio Mário. Grande Mário! Não importa em que plano esteja, seus poemas sempre presentes, lidos e reeditados são e serão sempre um prazer serem devorados. Porém devorados com parcimônia, lentamente... :-)

Mário, seus poemas sempre presentes nas almas dos sensíveis. Este exemplar de Esconderijos do Tempo, recebi pelas mãos do próprio Mário. Grande Mário! Não importa em que plano esteja, seus poemas sempre presentes, lidos e reeditados são e serão sempre um prazer serem devorados. Porém devorados com parcimônia, lentamente... :-)

Saramago utiliza-se de temas religiosos para relatar tramas com sua verve humorística, mordaz e irônica, com histórias conhecidas por muitos como Adão e Eva, Abel e Caim, a arca de Noé, as muralhas de Jericó e outras. Temos aqui o constante embate entre Caim e Deus e todo questionamento sobre a postura de ambos, do Bem e do Mal.

Saramago utiliza-se de temas religiosos para relatar tramas com sua verve humorística, mordaz e irônica, com histórias conhecidas por muitos como Adão e Eva, Abel e Caim, a arca de Noé, as muralhas de Jericó e outras. Temos aqui o constante embate entre Caim e Deus e todo questionamento sobre a postura de ambos, do Bem e do Mal.

Este foi o primeiro livro que li de James Van Praagh, onde ele relata casos reais de história de pessoas que, com a ajuda de James como médium, conseguiram fazer contato com parentes mortos e deram um novo rumo a suas vidas. Ensinamentos e depoimentos para desenvolvermos o sexto sentido, conhecer nossos espíritos guias e identificar os sinais que vêm do outro lado.

Este foi o primeiro livro que li de James Van Praagh, onde ele relata casos reais de história de pessoas que, com a ajuda de James como médium, conseguiram fazer contato com parentes mortos e deram um novo rumo a suas vidas. Ensinamentos e depoimentos para desenvolvermos o sexto sentido, conhecer nossos espíritos guias e identificar os sinais que vêm do outro lado.

Ler sobre a história de meu país, do início de tudo neste continente, escrito de uma maneira saborosa, é algo que prende a gente ao texto... Trata-se, principalmente, de fatos que envolvem o nascimento, a criação da cidade do Rio de Janeiro, com a participação ativa de paulistas... e tendo que lidar com franceses, holandeses, espanhóis, africanos e índios... Os detalhes que a história permitiu registrar e deixados como legado para serem contados pelo autor de uma maneira só dele...

Ler sobre a história de meu país, do início de tudo neste continente, escrito de uma maneira saborosa, é algo que prende a gente ao texto... Trata-se, principalmente, de fatos que envolvem o nascimento, a criação da cidade do Rio de Janeiro, com a participação ativa de paulistas... e tendo que lidar com franceses, holandeses, espanhóis, africanos e índios... Os detalhes que a história permitiu registrar e deixados como legado para serem contados pelo autor de uma maneira só dele...

Artigos de Mario Cortella em textos inspiradores, que apresentam questões sempre presentes em nosso dia a dia, que provocam nossa análise e reflexão. Livro rápido de ser lido, textos ágeis. Lido no ônibus, sempre no trajeto de ida para o trabalho.

Artigos de Mario Cortella em textos inspiradores, que apresentam questões sempre presentes em nosso dia a dia, que provocam nossa análise e reflexão. Livro rápido de ser lido, textos ágeis. Lido no ônibus, sempre no trajeto de ida para o trabalho.

Relato sobre a vida, as atividades e o desfecho trágico da morte de Pedro Pomar, assassinado com Angelo Arroyo, ambos integrantes do PCdoB, Partido Comunista do Brasil, durante o período da ditadura militar no Brasil. No dia seguinte à matança, passei pela rua Pio XI de ônibus, bairro da Lapa, em São Paulo, diante da casa onde tudo aconteceu. Com 16 anos de idade, na época, sequer imaginava o que havia acontecido.

Relato sobre a vida, as atividades e o desfecho trágico da morte de Pedro Pomar, assassinado com Angelo Arroyo, ambos integrantes do PCdoB, Partido Comunista do Brasil, durante o período da ditadura militar no Brasil. No dia seguinte à matança, passei pela rua Pio XI de ônibus, bairro da Lapa, em São Paulo, diante da casa onde tudo aconteceu. Com 16 anos de idade, na época, sequer imaginava o que havia acontecido.

Segundo livro de Eben Alexander III, onde ele se baseia da experiência de quase morte que passou. Neurocirurgião, por formação inicialmente cético a temas relacionados à espiritualidade e vida após a morte, passou pela EQM que transformou a sua vida e visão de mundo. Um bom livro, porém antes deste, interessante seria ler seu primeiro livro, Uma Prova do Céu.

Segundo livro de Eben Alexander III, onde ele se baseia da experiência de quase morte que passou. Neurocirurgião, por formação inicialmente cético a temas relacionados à espiritualidade e vida após a morte, passou pela EQM que transformou a sua vida e visão de mundo. Um bom livro, porém antes deste, interessante seria ler seu primeiro livro, Uma Prova do Céu.

Pinterest
Pesquisar