O samba é um gênero historicamente masculino. O machismo predominou as opiniões a respeito de quem poderia compor, tocar e cantar por décadas. No entanto, a presença feminina foi conquistando espaço ao longo do tempo. Samba em Rede indica álbuns de três mulheres sambistas, que marcaram a causa da igualdade de gêneros por meio da música.

O samba é um gênero historicamente masculino. O machismo predominou as opiniões a respeito de quem poderia compor, tocar e cantar por décadas. No entanto, a presença feminina foi conquistando espaço ao longo do tempo. Samba em Rede indica álbuns de três mulheres sambistas, que marcaram a causa da igualdade de gêneros por meio da música.

Maysa. Fim de Noite | de Chico Feitosa e Ronaldo Bôscoli. Gravação do LP "Canção do Amor Mais Triste'' 1962

Maysa. Fim de Noite | de Chico Feitosa e Ronaldo Bôscoli. Gravação do LP "Canção do Amor Mais Triste'' 1962

A "dama do samba" sobe ao palco do Auditório do Ibirapuera no dia 8 de março, a partir das 21h. Os ingressos para a apresentação custam até R$ 20.

Dona Ivone Lara em única apresentação no Auditório do Ibirapuera

A "dama do samba" sobe ao palco do Auditório do Ibirapuera no dia 8 de março, a partir das 21h. Os ingressos para a apresentação custam até R$ 20.

Pinterest
Pesquisar