Explora Processos Legais, Lideranças Guarani e outros!

Explorar tópicos relacionados

| CAMPANHA DE HOMOLOGAÇÃO |  Comunidade Indígena Itaty, localizada na BR 101 km 233, em Palhoça SC | Nós Comunidade e Lideranças Guarani da Terra Indígena Morro dos Cavalos, SC, viemos por meio desta expor a ansiedade e preocupação com o Processo da Homologação da Terra Indígena Morro dos Cavalos com os atuais acontecimentos no País, que de acordo com os processos legais, não existe nada que possa impedir a Homologação por parte da Presidenta, mesmo assim ainda NOSSA TERRA não foi…

| CAMPANHA DE HOMOLOGAÇÃO | Comunidade Indígena Itaty, localizada na BR 101 km 233, em Palhoça SC | Nós Comunidade e Lideranças Guarani da Terra Indígena Morro dos Cavalos, SC, viemos por meio desta expor a ansiedade e preocupação com o Processo da Homologação da Terra Indígena Morro dos Cavalos com os atuais acontecimentos no País, que de acordo com os processos legais, não existe nada que possa impedir a Homologação por parte da Presidenta, mesmo assim ainda NOSSA TERRA não foi…

A destruição dos mangues em Joinville

A destruição dos mangues em Joinville

Como padre, bispo e cardeal, lutou pela liberdade, ficou ao lado dos trabalhadores e dos oprimidos, combateu em defesa dos direitos humanos, mas foi, sobretudo, exatamente como gostaria de ser lembrado, um amigo do povo.  Nesta condição, subiu morros, frequentou favelas, incursionou pelas periferias e enfrentou os generais da ditadura para dar proteção a perseguidos políticos —de religiosos a operários, de advogados a jornalistas.

Como padre, bispo e cardeal, lutou pela liberdade, ficou ao lado dos trabalhadores e dos oprimidos, combateu em defesa dos direitos humanos, mas foi, sobretudo, exatamente como gostaria de ser lembrado, um amigo do povo. Nesta condição, subiu morros, frequentou favelas, incursionou pelas periferias e enfrentou os generais da ditadura para dar proteção a perseguidos políticos —de religiosos a operários, de advogados a jornalistas.

O dia que durou 21 anos

O dia que durou 21 anos

Ao longo da vida, o frade franciscano Paulo Evaristo Arns recebeu muitos epítetos.  Foi chamado de cardeal da liberdade, bispo dos oprimidos, cardeal dos trabalhadores, bispo dos presos, bom pastor, cardeal da cidadania, guardião dos direitos humanos e tantos outros.  Mas já ao final da vida, quando lhe perguntaram como gostaria de ser lembrado, deu uma resposta singela: "amigo do povo".

Ao longo da vida, o frade franciscano Paulo Evaristo Arns recebeu muitos epítetos. Foi chamado de cardeal da liberdade, bispo dos oprimidos, cardeal dos trabalhadores, bispo dos presos, bom pastor, cardeal da cidadania, guardião dos direitos humanos e tantos outros. Mas já ao final da vida, quando lhe perguntaram como gostaria de ser lembrado, deu uma resposta singela: "amigo do povo".

São Salvador da Bahia de Todos os Santos, Bahia, Brasil

São Salvador da Bahia de Todos os Santos, Bahia, Brasil

Entre os dias 28 e 31 de março, membros do “Grupo de Trabalho sobre os direitos dos Povos Indígenas e das Comunidades Quilombolas da Região Sul”, representando o Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), estiveram em missão nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Entre os dias 28 e 31 de março, membros do “Grupo de Trabalho sobre os direitos dos Povos Indígenas e das Comunidades Quilombolas da Região Sul”, representando o Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), estiveram em missão nos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

meçou a ser desenhado um amplo plano de comunicação contra atos dos procuradores da República integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato e do juiz federal Sérgio Moro, que comanda os processos do caso na 13ª Vara Federal de Curitiba (PR).  A campanha, evidentemente, não atacará o objeto da operação – o combate à corrupção –, mas tentará mostrar situações que, na visão dos defensores de investigados e réus, constituem violações a preceitos básicos do devido processo legal.

meçou a ser desenhado um amplo plano de comunicação contra atos dos procuradores da República integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato e do juiz federal Sérgio Moro, que comanda os processos do caso na 13ª Vara Federal de Curitiba (PR). A campanha, evidentemente, não atacará o objeto da operação – o combate à corrupção –, mas tentará mostrar situações que, na visão dos defensores de investigados e réus, constituem violações a preceitos básicos do devido processo legal.

Quando do assassinato do jornalista Vladimir Herzog por agentes do governo, em 1975, comandou na Catedral da Sé um culto ecumênico que, reunindo milhares de pessoas, acabou por se transformar num dos atos públicos mais significativos da luta contra o regime militar instalado 11 anos antes no país.

Quando do assassinato do jornalista Vladimir Herzog por agentes do governo, em 1975, comandou na Catedral da Sé um culto ecumênico que, reunindo milhares de pessoas, acabou por se transformar num dos atos públicos mais significativos da luta contra o regime militar instalado 11 anos antes no país.

| 07.02.2017 | Levantamento feito pelo Ibama, a pedido do UOL, mostra que o entorno do Parque Indígena do Xingu sofre com os incêndios florestais ligados à expansão da agropecuária – que provoca o desmatamento e a seca na região. O portal divulgou a notícia nesta segunda-feira (07/02). Segundo o Ibama, a lavoura e a criação de pasto para gado provocaram o desmatamento da vegetação nativa da reserva localizada entre o Mato Grosso e o Pará. O calculo foi feito a partir da base de dados do…

| 07.02.2017 | Levantamento feito pelo Ibama, a pedido do UOL, mostra que o entorno do Parque Indígena do Xingu sofre com os incêndios florestais ligados à expansão da agropecuária – que provoca o desmatamento e a seca na região. O portal divulgou a notícia nesta segunda-feira (07/02). Segundo o Ibama, a lavoura e a criação de pasto para gado provocaram o desmatamento da vegetação nativa da reserva localizada entre o Mato Grosso e o Pará. O calculo foi feito a partir da base de dados do…

Pinterest • O catálogo mundial de ideias
Pesquisar