Explora Meio Ambiente, Bancada e outros!

Explorar tópicos relacionados

Sen. Ronaldo Caiado DEM/GO | 28.01.2016 | No final de 2014, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) publicou duas listagens de espécies ameaçadas de extinção, as chamadas Listas Vermelhas: a Portaria nº 444, que reúne mamíferos, aves, répteis, anfíbios e invertebrados terrestres em risco; e a Portaria nº 445, que reúne peixes e invertebrados marinhos. Fruto de um trabalho que reuniu 1.383 especialistas e analisou 12.256 espécies, as listagens geraram muita oposição do setor da pesca e de…

Sen. Ronaldo Caiado DEM/GO | 28.01.2016 | No final de 2014, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) publicou duas listagens de espécies ameaçadas de extinção, as chamadas Listas Vermelhas: a Portaria nº 444, que reúne mamíferos, aves, répteis, anfíbios e invertebrados terrestres em risco; e a Portaria nº 445, que reúne peixes e invertebrados marinhos. Fruto de um trabalho que reuniu 1.383 especialistas e analisou 12.256 espécies, as listagens geraram muita oposição do setor da pesca e de…

O golpe de 1964 colheu o frade franciscano dando assistência religiosa aos moradores dos morros de Petrópolis (RJ). Lá chegara depois de uma trajetória iniciada no dia 14 de setembro de 1921, quando nasceu na colônia de Forquilhinha, região de Criciúma, em Santa Catarina. Teve 13 irmãos, quatro dos quais (três freiras e um padre) se dedicaram também à carreira religiosa —sendo Zilda Arns, fundadora da Pastoral da Criança que morreu no terremoto do Haiti em 2010, a mais conhecida.

Morre dom Paulo Evaristo Arns, ícone progressista da igreja no Brasil

O golpe de 1964 colheu o frade franciscano dando assistência religiosa aos moradores dos morros de Petrópolis (RJ). Lá chegara depois de uma trajetória iniciada no dia 14 de setembro de 1921, quando nasceu na colônia de Forquilhinha, região de Criciúma, em Santa Catarina. Teve 13 irmãos, quatro dos quais (três freiras e um padre) se dedicaram também à carreira religiosa —sendo Zilda Arns, fundadora da Pastoral da Criança que morreu no terremoto do Haiti em 2010, a mais conhecida.

maio.2016 | Promovido na linha da sucessão presidencial com o afastamento de Cunha e o eventual impeachment de Dilma, presidente do Senado Renan Calheiros, PMDB-AL, acumula 11 inquéritos no STF por crimes como corrupção, lavagem de dinheiro, desvio de dinheiro público e falsidade ideológica. Destes, nove são relacionados ao esquema de corrupção na Petrobras, apurado pela Lava Jato, e um decorre da Operação Zelotes, que investiga fraudes no Carf  e a venda de medidas provisórias.

maio.2016 | Promovido na linha da sucessão presidencial com o afastamento de Cunha e o eventual impeachment de Dilma, presidente do Senado Renan Calheiros, PMDB-AL, acumula 11 inquéritos no STF por crimes como corrupção, lavagem de dinheiro, desvio de dinheiro público e falsidade ideológica. Destes, nove são relacionados ao esquema de corrupção na Petrobras, apurado pela Lava Jato, e um decorre da Operação Zelotes, que investiga fraudes no Carf e a venda de medidas provisórias.

Alexandre de Moraes foi nomeado secretário por Kassab em agosto de 2007, menos de um ano após comprar os dois apartamentos. Nessa época, quando esteve à frente das pastas de Transporte e Serviços — cargos que acumulou às presidências da SPTrans e da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) —, o ministro adquiriu mais seis imóveis:

Alexandre de Moraes acumulou patrimônio milionário no serviço público

Alexandre de Moraes foi nomeado secretário por Kassab em agosto de 2007, menos de um ano após comprar os dois apartamentos. Nessa época, quando esteve à frente das pastas de Transporte e Serviços — cargos que acumulou às presidências da SPTrans e da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) —, o ministro adquiriu mais seis imóveis:

| Ministro do trabalho quer legalizar trabalho escravo no país por baixo dos panos | Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, após três sentenças judiciais que determinavam o fim do sigilo das empresas que mantém trabalho escravo, conseguiu impedir a divulgação do cadastro dos empregadores que mantém escravos, chamado “lista suja”. A justiça defende assim a impunidade dos patrões e a permanência do trabalho escravo no Brasil, cinicamente por “baixo dos panos”.

| Ministro do trabalho quer legalizar trabalho escravo no país por baixo dos panos | Ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, após três sentenças judiciais que determinavam o fim do sigilo das empresas que mantém trabalho escravo, conseguiu impedir a divulgação do cadastro dos empregadores que mantém escravos, chamado “lista suja”. A justiça defende assim a impunidade dos patrões e a permanência do trabalho escravo no Brasil, cinicamente por “baixo dos panos”.

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (26), a operação "O Recebedor", desdobramento da Lava Jato que investiga esquema de corrupção na Petrobras, com base em informações colhidas em um depoimento de delação premiada e acordos de leniência que apontaram pagamento de propina para a construção de ferrovias Norte-Sul e Integração Leste-Oeste.  As investigações revelaram prática de cartel e lavagem de dinheiro por meio de superfaturamento de obras públicas.

Lava Jato: PF deflagra operação que aponta para corrupção em obras de ferrovias - Política - iG

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (26), a operação "O Recebedor", desdobramento da Lava Jato que investiga esquema de corrupção na Petrobras, com base em informações colhidas em um depoimento de delação premiada e acordos de leniência que apontaram pagamento de propina para a construção de ferrovias Norte-Sul e Integração Leste-Oeste. As investigações revelaram prática de cartel e lavagem de dinheiro por meio de superfaturamento de obras públicas.

| 17.02.2017 | Um dos maiores escritores brasileiros, o paulista Raduan Nassar, professa que aposentou a caneta há mais de 30 anos, mas demonstra que não a força de sua voz. Autor de romances seminais da literatura brasileira, Lavoura Arcaica e Um copo de cólera, Raduan foi convocado na manhã desta sexta-feira ao Museu Lasar Segall, em São Paulo, para receber o Prêmio Camões de 2016 – entregue a cada ano pelos governos de Brasil e de Portugal a escritores expressivos da língua portuguesa.

Discurso de Raduan Nassar contra Temer durante prêmio literário irrita ministro da Cultura

| 17.02.2017 | Um dos maiores escritores brasileiros, o paulista Raduan Nassar, professa que aposentou a caneta há mais de 30 anos, mas demonstra que não a força de sua voz. Autor de romances seminais da literatura brasileira, Lavoura Arcaica e Um copo de cólera, Raduan foi convocado na manhã desta sexta-feira ao Museu Lasar Segall, em São Paulo, para receber o Prêmio Camões de 2016 – entregue a cada ano pelos governos de Brasil e de Portugal a escritores expressivos da língua portuguesa.

O plano da Belo Sun, segundo informações de seu relatório ambiental e distribuídas a investidores, é injetar US$ 1,076 bilhão no projeto Volta Grande, de onde sairiam 4,6 mil quilos de ouro por ano, durante duas décadas. A exploração de ouro causaria a remoção de 37,8 milhões de toneladas de minério tratado nos 11 primeiros anos de exploração da mina.  Em 2013, a Justiça Federal em Altamira (PA) chegou a determinar a paralisação do processo de licenciamento ambiental do projeto.

Mineração de ouro ao lado de Belo Monte é questionada pelo MPF

O plano da Belo Sun, segundo informações de seu relatório ambiental e distribuídas a investidores, é injetar US$ 1,076 bilhão no projeto Volta Grande, de onde sairiam 4,6 mil quilos de ouro por ano, durante duas décadas. A exploração de ouro causaria a remoção de 37,8 milhões de toneladas de minério tratado nos 11 primeiros anos de exploração da mina. Em 2013, a Justiça Federal em Altamira (PA) chegou a determinar a paralisação do processo de licenciamento ambiental do projeto.

"Foi um ato de censura. Na medida em que o Tribunal de Justiça de São Paulo liberou o sigilo, as informações são públicas e qualquer tentativa de impedir a divulgação [da reportagem] caracteriza evidente censura prévia com violação manifesta ao texto constitucional. Me causa espécie que o governo tome medidas para impedir que a sociedade saiba de realidades tornadas públicas. É profundamente lamentável e atentatório ao Estado de Direito".

Ação de Temer contra Folha é 'evidente censura prévia', diz Cardozo

"Foi um ato de censura. Na medida em que o Tribunal de Justiça de São Paulo liberou o sigilo, as informações são públicas e qualquer tentativa de impedir a divulgação [da reportagem] caracteriza evidente censura prévia com violação manifesta ao texto constitucional. Me causa espécie que o governo tome medidas para impedir que a sociedade saiba de realidades tornadas públicas. É profundamente lamentável e atentatório ao Estado de Direito".

| 09.12.2016 | Dezenas de cidadãos de Joinville/SC, entre familiares de detentos e pessoas da comunidade, compareceram, na última quarta-feira (7/12), à Penitenciária Industrial para a noite de autógrafos do segundo volume da obra “Contos tirados de mim: a literatura no cárcere”. Resultado de um projeto de oficinas literárias realizado com os presos com o incentivo da Vara de Execuções Penais de Joinville, o livro foi custeado por uma editora paulista.

| 09.12.2016 | Dezenas de cidadãos de Joinville/SC, entre familiares de detentos e pessoas da comunidade, compareceram, na última quarta-feira (7/12), à Penitenciária Industrial para a noite de autógrafos do segundo volume da obra “Contos tirados de mim: a literatura no cárcere”. Resultado de um projeto de oficinas literárias realizado com os presos com o incentivo da Vara de Execuções Penais de Joinville, o livro foi custeado por uma editora paulista.

Pinterest
Pesquisar