Explora Meio Ambiente, Latino e outros!

Explorar tópicos relacionados

Opera Mundi - Com manifestações e mais de 730 dias de barricadas, povoado argentino impede construção de fábrica da Monsanto

Opera Mundi - Com manifestações e mais de 730 dias de barricadas, povoado argentino impede construção de fábrica da Monsanto

Foto: Protesto de indígenas contra exploração de petróleo na Colômbia | Nos últimos anos, a Colômbia tem feito um grande número de consultas sobre planos de desenvolvimento nacionais, leis e projetos extrativistas, hidrelétricos e de construção de estradas. Em 2011, por exemplo, o Ministério do Interior teve mais de 600 consultas protocoladas; em 2012, já foram cerca de 1,4 mil, e, nos anos seguintes, o volume permaneceu elevado.

Foto: Protesto de indígenas contra exploração de petróleo na Colômbia | Nos últimos anos, a Colômbia tem feito um grande número de consultas sobre planos de desenvolvimento nacionais, leis e projetos extrativistas, hidrelétricos e de construção de estradas. Em 2011, por exemplo, o Ministério do Interior teve mais de 600 consultas protocoladas; em 2012, já foram cerca de 1,4 mil, e, nos anos seguintes, o volume permaneceu elevado.

O movimento de resgatar a identidade quilombola não é restrito ao local, mas representa uma dinâmica de diversas comunidades no país, intensificado desde 2003, quando foi regulamentado o processo de demarcação das terras quilombolas pelo governo federal. Em sua maioria, as comunidades foram formadas por escravos que fugiram de fazendas de cacau e se estabeleceram nas margens do rio Amazonas. Hoje, os quilombolas que moram naqueles mesmos lugares vivem principalmente da subsistência.

O movimento de resgatar a identidade quilombola não é restrito ao local, mas representa uma dinâmica de diversas comunidades no país, intensificado desde 2003, quando foi regulamentado o processo de demarcação das terras quilombolas pelo governo federal. Em sua maioria, as comunidades foram formadas por escravos que fugiram de fazendas de cacau e se estabeleceram nas margens do rio Amazonas. Hoje, os quilombolas que moram naqueles mesmos lugares vivem principalmente da subsistência.

Ayer viernes a las 20:00 hrs (horario de Chile) se estrenó el documental "IIRSA, la infraestructura de la devastación", que aborda el incremento en la capacidad extractiva de las economías de los Estados de América del Sur, en función de la mayor integración a través de infraestructura que facilita, intensifica agiliza y encadena la extracción de los bienes naturales, "rediseñando la geografía del continente e imponiendo una territorialidad neoliberal total en función del saqueo…

Ayer viernes a las 20:00 hrs (horario de Chile) se estrenó el documental "IIRSA, la infraestructura de la devastación", que aborda el incremento en la capacidad extractiva de las economías de los Estados de América del Sur, en función de la mayor integración a través de infraestructura que facilita, intensifica agiliza y encadena la extracción de los bienes naturales, "rediseñando la geografía del continente e imponiendo una territorialidad neoliberal total en función del saqueo…

A cidade de São Paulo retificou, canalizou e tampou seus rios. Imagens antigas e atuais mostram como a paisagem foi transformada no entorno de alguns deles. Cidade de São Paulo tem mais de 200 rios; quantos você vê?

A cidade de São Paulo retificou, canalizou e tampou seus rios. Imagens antigas e atuais mostram como a paisagem foi transformada no entorno de alguns deles. Cidade de São Paulo tem mais de 200 rios; quantos você vê?

Según la Federación Coordinadora Nicaragüense de ONG que trabajan con la Niñez y la Adolescencia (Codeni), cerca de 20,000 niños, niñas y adolescentes nicaragüenses son víctimas de explotación sexual en alguna de sus manifestaciones como pedofilia, pornografía, prostitución, turismo sexual o trata de menores.

Según la Federación Coordinadora Nicaragüense de ONG que trabajan con la Niñez y la Adolescencia (Codeni), cerca de 20,000 niños, niñas y adolescentes nicaragüenses son víctimas de explotación sexual en alguna de sus manifestaciones como pedofilia, pornografía, prostitución, turismo sexual o trata de menores.

A história se repetiu: a estação da Luz voltou a ser consumida por um incêndio, quase 70 anos depois daquele que a destruiu inteiramente em 1946.  Além de um dos museus mais visitados da intensa agenda cultural paulistana, as chamas queimam um prédio inteiramente construído com material importado da Inglaterra (menos os tijolos) entre 1888 e 1901, que logo se tornou uma referência fundamental do tecido urbano e da paisagem de São Paulo.

A história se repetiu: a estação da Luz voltou a ser consumida por um incêndio, quase 70 anos depois daquele que a destruiu inteiramente em 1946. Além de um dos museus mais visitados da intensa agenda cultural paulistana, as chamas queimam um prédio inteiramente construído com material importado da Inglaterra (menos os tijolos) entre 1888 e 1901, que logo se tornou uma referência fundamental do tecido urbano e da paisagem de São Paulo.

Semiárido cearense tem escolas públicas com nível de países ricos - 12/11/2015…

Semiárido cearense tem escolas públicas com nível de países ricos - 12/11/2015…

Os cientistas mal descobriram os recifes do Amazonas e já se preocupam com o seu futuro. A costa norte do Brasil é uma das principais fronteiras do país para exploração de petróleo e gás, e centenas dos blocos exploratórios leiloados nos últimos anos pela ANP estão sobrepostos a sua área de ocorrência - o que não é mencionado nos EIAs dos empreendimentos. “Se alguém já sabia da existência desses recifes, não contaram para ninguém”.

Os cientistas mal descobriram os recifes do Amazonas e já se preocupam com o seu futuro. A costa norte do Brasil é uma das principais fronteiras do país para exploração de petróleo e gás, e centenas dos blocos exploratórios leiloados nos últimos anos pela ANP estão sobrepostos a sua área de ocorrência - o que não é mencionado nos EIAs dos empreendimentos. “Se alguém já sabia da existência desses recifes, não contaram para ninguém”.

Ahora los huicholes realizan anualmente esta peregrinación hacia el desierto de Wirikuta, en el oriente (San Luis Potosí), para recolectar a sus antepasados –peyote, venado y agua de los manantiales de este lugar–. Asisten únicamente los marakames y hikuritamete.

Ahora los huicholes realizan anualmente esta peregrinación hacia el desierto de Wirikuta, en el oriente (San Luis Potosí), para recolectar a sus antepasados –peyote, venado y agua de los manantiales de este lugar–. Asisten únicamente los marakames y hikuritamete.

Pinterest
Pesquisar