Explora Coisas Como, Suas Coisas e outros!

Explorar tópicos relacionados

Till Koenneker, designer alemão que vive na Suíça, escolheu resolver o problema de espaço com suas próprias mãos quando se mudou para um apartamento que não tinha lugar suficiente para guardar suas coisas. Como alternativa, Till construiu uma peça de design muito parecida com um cubo, que foi chamada de The Living Cube. Lá, ele criou espaço para sua coleção de discos de vinil, roupas, sapatos e ainda colocou sua TV.

Till Koenneker, designer alemão que vive na Suíça, escolheu resolver o problema de espaço com suas próprias mãos quando se mudou para um apartamento que não tinha lugar suficiente para guardar suas coisas. Como alternativa, Till construiu uma peça de design muito parecida com um cubo, que foi chamada de The Living Cube. Lá, ele criou espaço para sua coleção de discos de vinil, roupas, sapatos e ainda colocou sua TV.

Em seguida, na hora do café, a primeira prateleira desliza até a cozinha para dar espaço ao banho. Quando Yolanda vai receber um cliente, mais uma deslizada de prateleiras para mostrar os livros e o grande quadro negro.  O trabalho foi todo feito a mão, com muito cuidado. A combinação de carpintaria e da utilização de um sistema bastante simples de grade industrial, permitiu que todo o espaço da casa fosse organizado em três estantes de madeira, suspensas, móveis e transformáveis.

Em seguida, na hora do café, a primeira prateleira desliza até a cozinha para dar espaço ao banho. Quando Yolanda vai receber um cliente, mais uma deslizada de prateleiras para mostrar os livros e o grande quadro negro. O trabalho foi todo feito a mão, com muito cuidado. A combinação de carpintaria e da utilização de um sistema bastante simples de grade industrial, permitiu que todo o espaço da casa fosse organizado em três estantes de madeira, suspensas, móveis e transformáveis.

Till Koenneker, designer alemão que vive na Suíça, escolheu resolver o problema de espaço com suas próprias mãos quando se mudou para um apartamento que não tinha lugar suficiente para guardar suas coisas. Como alternativa, Till construiu uma peça de design muito parecida com um cubo, que foi chamada de The Living Cube. Lá, ele criou espaço para sua coleção de discos de vinil, roupas, sapatos e ainda colocou sua TV.

Till Koenneker, designer alemão que vive na Suíça, escolheu resolver o problema de espaço com suas próprias mãos quando se mudou para um apartamento que não tinha lugar suficiente para guardar suas coisas. Como alternativa, Till construiu uma peça de design muito parecida com um cubo, que foi chamada de The Living Cube. Lá, ele criou espaço para sua coleção de discos de vinil, roupas, sapatos e ainda colocou sua TV.

Em seguida, na hora do café, a primeira prateleira desliza até a cozinha para dar espaço ao banho. Quando Yolanda vai receber um cliente, mais uma deslizada de prateleiras para mostrar os livros e o grande quadro negro.  O trabalho foi todo feito a mão, com muito cuidado. A combinação de carpintaria e da utilização de um sistema bastante simples de grade industrial, permitiu que todo o espaço da casa fosse organizado em três estantes de madeira, suspensas, móveis e transformáveis.

Em seguida, na hora do café, a primeira prateleira desliza até a cozinha para dar espaço ao banho. Quando Yolanda vai receber um cliente, mais uma deslizada de prateleiras para mostrar os livros e o grande quadro negro. O trabalho foi todo feito a mão, com muito cuidado. A combinação de carpintaria e da utilização de um sistema bastante simples de grade industrial, permitiu que todo o espaço da casa fosse organizado em três estantes de madeira, suspensas, móveis e transformáveis.

Till Koenneker, designer alemão que vive na Suíça, escolheu resolver o problema de espaço com suas próprias mãos quando se mudou para um apartamento que não tinha lugar suficiente para guardar suas coisas. Como alternativa, Till construiu uma peça de design muito parecida com um cubo, que foi chamada de The Living Cube. Lá, ele criou espaço para sua coleção de discos de vinil, roupas, sapatos e ainda colocou sua TV.

Till Koenneker, designer alemão que vive na Suíça, escolheu resolver o problema de espaço com suas próprias mãos quando se mudou para um apartamento que não tinha lugar suficiente para guardar suas coisas. Como alternativa, Till construiu uma peça de design muito parecida com um cubo, que foi chamada de The Living Cube. Lá, ele criou espaço para sua coleção de discos de vinil, roupas, sapatos e ainda colocou sua TV.

Galeria de Pavilhão Circular / Encore Heureux Architects - 7

Galeria de Pavilhão Circular / Encore Heureux Architects - 7

Um escritório de arquitetura móvel está rodando as ruas de São Paulo desde dezembro do ano passado. A Upik, ideia da arquiteta Márcia Monteiro e do designer de interiores Daniel Alvez, busca aproximar arquitetura e design de interiores de quem pretende reformar ou decorar, mas não tem orçamento suficiente para contratar um profissional.

Um escritório de arquitetura móvel está rodando as ruas de São Paulo desde dezembro do ano passado. A Upik, ideia da arquiteta Márcia Monteiro e do designer de interiores Daniel Alvez, busca aproximar arquitetura e design de interiores de quem pretende reformar ou decorar, mas não tem orçamento suficiente para contratar um profissional.

Essas casas estreitas (Narrow houses) são comuns no Japão e aproveitam a iluminação natural com amplas janelas e pé direito duplos.  Criada pelo arquiteto japonês Yoshihiro Yamamoto, a casa de apenas 35m² e fachada de vidro foi projetada em um espaço de apenas 3,4 metros de extensão, situada entre outras duas casas. A residência para o casal e sua filha em um dos bairros mais habitados da cidade teve que ser bem planejada para o aproveitamento de todos os espaços.

Essas casas estreitas (Narrow houses) são comuns no Japão e aproveitam a iluminação natural com amplas janelas e pé direito duplos. Criada pelo arquiteto japonês Yoshihiro Yamamoto, a casa de apenas 35m² e fachada de vidro foi projetada em um espaço de apenas 3,4 metros de extensão, situada entre outras duas casas. A residência para o casal e sua filha em um dos bairros mais habitados da cidade teve que ser bem planejada para o aproveitamento de todos os espaços.

Por três meses durante a primavera de 2014, Rebecca Mountain da “ Mountain Pet Products” tomou em mãos um projeto um tanto inusitado, transformar a casa de suas amigas Eliza e Tifanny em um paraíso para gatos.

Por três meses durante a primavera de 2014, Rebecca Mountain da “ Mountain Pet Products” tomou em mãos um projeto um tanto inusitado, transformar a casa de suas amigas Eliza e Tifanny em um paraíso para gatos.

Os que acham que diversão não tem idade podem se inspirar neste diferente apartamento ucraniano.  Com o desejo de criar algo para impressionar seus convidados, os donos construíram um escorregador para interligar seus dois andares. A ideia partiu da empresa Ki Design, que renovou todos os cômodos da casa.  Outras mudanças também foram feitas, como a escada, que por ocupar muito espaço, foi trocada e deu lugar a um jardim vertical.

Os que acham que diversão não tem idade podem se inspirar neste diferente apartamento ucraniano. Com o desejo de criar algo para impressionar seus convidados, os donos construíram um escorregador para interligar seus dois andares. A ideia partiu da empresa Ki Design, que renovou todos os cômodos da casa. Outras mudanças também foram feitas, como a escada, que por ocupar muito espaço, foi trocada e deu lugar a um jardim vertical.

Pinterest • O catálogo mundial de ideias
Pesquisar