Explora Ilha Depois, Pela Oportunidade e outros!

Explorar tópicos relacionados

Três guardas recebem a missão de proteger o novo farol da ilha dos Estados, localizada a 200 quilómetros do cabo Horn, no Oceano Atlântico. Infelizmente, o local é habitado por um grupo de piratas que aguarda pela oportunidade de tomar um navio a fim de abandonar a ilha. Depois de assassinarem dois guardas, os piratas assumem o controlo do farol. O guarda sobrevivente terá de esperar por um barco de resgate, que só chegará dentro de três meses...

Três guardas recebem a missão de proteger o novo farol da ilha dos Estados, localizada a 200 quilómetros do cabo Horn, no Oceano Atlântico. Infelizmente, o local é habitado por um grupo de piratas que aguarda pela oportunidade de tomar um navio a fim de abandonar a ilha. Depois de assassinarem dois guardas, os piratas assumem o controlo do farol. O guarda sobrevivente terá de esperar por um barco de resgate, que só chegará dentro de três meses...

https://www.google.com.br/blank.html

https://www.google.com.br/blank.html

| os meus problemas, miguel esteves cardoso

| os meus problemas, miguel esteves cardoso

Singularidades de Uma Rapariga Loura. Escrito em 1873 e publicado em 1901 num volume de contos do autor, "Singularidades de Uma Rapariga Loira" é geralmente apresentado como o primeiro conto realista em português e uma das obras-primas de Eça de Queiroz.

Singularidades de Uma Rapariga Loura. Escrito em 1873 e publicado em 1901 num volume de contos do autor, "Singularidades de Uma Rapariga Loira" é geralmente apresentado como o primeiro conto realista em português e uma das obras-primas de Eça de Queiroz.

À Espera no Centeio.  O livro conta as aventuras de Holden Caulfield, um rapaz de 16 anos, que ao ter de deixar o colégio interno que frequenta, mas receoso de enfrentar a fúria dos pais, decide passar uns dias em Nova Iorque até começarem as férias de Natal e poder voltar para casa.

À Espera no Centeio. O livro conta as aventuras de Holden Caulfield, um rapaz de 16 anos, que ao ter de deixar o colégio interno que frequenta, mas receoso de enfrentar a fúria dos pais, decide passar uns dias em Nova Iorque até começarem as férias de Natal e poder voltar para casa.

Em Abril de 1506, durante as celebrações da Páscoa, cerca de dois mil cristãos-novos foram mortos num progrom em Lisboa e os seus corpos queimados no Rossio, O Último Cabalista de Lisboa, best-seller em onze países, incluindo os Estados Unidos da América, Inglaterra, Itália, Brasil e Portugal, é um extraordinário romance histórico tendo como pano de fundo os eventos verídicos desse mês de Abril de 1506

Em Abril de 1506, durante as celebrações da Páscoa, cerca de dois mil cristãos-novos foram mortos num progrom em Lisboa e os seus corpos queimados no Rossio, O Último Cabalista de Lisboa, best-seller em onze países, incluindo os Estados Unidos da América, Inglaterra, Itália, Brasil e Portugal, é um extraordinário romance histórico tendo como pano de fundo os eventos verídicos desse mês de Abril de 1506

Muito bom....

Muito bom....

Em 2010, o jornalista Tiago Carrasco e dois amigos, o fotógrafo João Henriques e o cameraman João Fontes, decidiram largar os seus empregos mal pagos e concretizar um velho sonho: atravessar o continente africano de automóvel. O pretexto que arranjaram foi o Mundial de Futebol, que se realizava em África pela primeira vez, mas a viagem seria muito mais do que um longo passeio destinado a celebrar o desporto mais popular do mundo - seria, sim, o maior desafio da vida destes três homens.

Em 2010, o jornalista Tiago Carrasco e dois amigos, o fotógrafo João Henriques e o cameraman João Fontes, decidiram largar os seus empregos mal pagos e concretizar um velho sonho: atravessar o continente africano de automóvel. O pretexto que arranjaram foi o Mundial de Futebol, que se realizava em África pela primeira vez, mas a viagem seria muito mais do que um longo passeio destinado a celebrar o desporto mais popular do mundo - seria, sim, o maior desafio da vida destes três homens.

Balada da Praia dos Cães.  O romance foi escrito no período pós-revolução de 25 de Abril de 1974. A acção situa-se no princípio dos anos 60, e retrata alguns aspectos da sociedade portuguesa em plena época da ditadura salazarista. Relata a investigação dum assassínio; e a história começa com o relatório da descoberta de um cadáver enterrado na Praia do Mastro em 3 de Abril de 1960.

Balada da Praia dos Cães. O romance foi escrito no período pós-revolução de 25 de Abril de 1974. A acção situa-se no princípio dos anos 60, e retrata alguns aspectos da sociedade portuguesa em plena época da ditadura salazarista. Relata a investigação dum assassínio; e a história começa com o relatório da descoberta de um cadáver enterrado na Praia do Mastro em 3 de Abril de 1960.

Todos sabemos o que significa ficar algumas horas sem Internet. Agora imagine os efeitos de uma falha à escala global. Se durasse um dia, seria o caos. Se durasse uma semana poderia provocar o colapso da nossa civilização. Uma catástrofe destas não só é possível, como assustadoramente provável, porque a Internet assenta num sistema tecnológico tão complexo como frágil.

Todos sabemos o que significa ficar algumas horas sem Internet. Agora imagine os efeitos de uma falha à escala global. Se durasse um dia, seria o caos. Se durasse uma semana poderia provocar o colapso da nossa civilização. Uma catástrofe destas não só é possível, como assustadoramente provável, porque a Internet assenta num sistema tecnológico tão complexo como frágil.

Pinterest
Pesquisar