Mais ideias provenientes do(a) nidia
36-OPARÁ OU APARÁ- A GRANDE GUERREIRA

36-OPARÁ OU APARÁ- A GRANDE GUERREIRA

Oyá

Oyá

ELEGGUA

ELEGGUA

OGUM E OYÁ

OGUM E OYÁ

A quinta canção do álbum, "Tempo de amor", fala do amor e seu consequente sofrimento, assim como a maioria das canções desse LP. Contam as lendas que Xangô teve uma história de amor e sofrimento com Oxum. A deusa da beleza e do amor foi casada com Oxóssi, orixá da caça. Numa das longas ausências de seu amado, Oxum foi seduzida por Xangô, irmão de Oxóssi. Escute "Tempo de amor": https://www.youtube.com/watch?v=NkCjGjt4e_4 Imagem: ilustração de Xangô e Oxum.

A quinta canção do álbum, "Tempo de amor", fala do amor e seu consequente sofrimento, assim como a maioria das canções desse LP. Contam as lendas que Xangô teve uma história de amor e sofrimento com Oxum. A deusa da beleza e do amor foi casada com Oxóssi, orixá da caça. Numa das longas ausências de seu amado, Oxum foi seduzida por Xangô, irmão de Oxóssi. Escute "Tempo de amor": https://www.youtube.com/watch?v=NkCjGjt4e_4 Imagem: ilustração de Xangô e Oxum.

Nanã, orixá feminino dos pântanos e da morte. Protege idosos e desabrigados. Também dona da chuva e da lama. É mãe de Obaluaiê e junto com ele, dona das doenças cancerígenas. Mais velha orixá do panteão africano. Nanã Buruku - Nanã Buruquê - linhadasaguas.com.br

Nanã, orixá feminino dos pântanos e da morte. Protege idosos e desabrigados. Também dona da chuva e da lama. É mãe de Obaluaiê e junto com ele, dona das doenças cancerígenas. Mais velha orixá do panteão africano. Nanã Buruku - Nanã Buruquê - linhadasaguas.com.br

Oshun

Oshun

Oshun by Claudia Krindges

Oshun by Claudia Krindges

Oxum, Iemanja e Iansa by Oradine

Oxum, Iemanja e Iansa by Oradine

Cia dos Gifs: Trolls - Filme

Cia dos Gifs: Trolls - Filme