D. Afonso I de Portugal, mais conhecido por D. Afonso Henriques (Guimarães, Coimbra ou Viseu, ca. 1109 — Coimbra, 1185) foi o fundador do Reino de Portugal e o seu primeiro rei, com o cognome O Conquistador, O Fundador ou O Grande pela fundação do reino e pelas muitas conquistas. Era filho de D. Henrique de Borgonha e de D.Teresa de Leão, condes de Portucale, um condado vassalo do reino de Leão.

D. Afonso Henriques foi o rei de Portugal, depois de derrotar a sua mãe na batalha de S.Mamede. Sua mãe era D.Teresa e seu pai D. Henrique.

The joint tomb of João I of Portugal (d. 1433) and his queen, Philippa of Lancaster (d. 1415) in Batalha Monastery, Portugal. They lie holding hands.

The joint tomb of João I of Portugal (d. 1433) and his queen, Philippa of Lancaster (d. 1415) in Batalha Monastery, Portugal. They lie holding hands.

A Monarquia Portuguesa 1521 - 1557 D. João III "O Piedoso" (6 Junho 1502 Lisboa-11 Junho 1557 Belém) Casou com D. Catarina de Áustria

Passam hoje 557 anos que D. João III faleceu, em Lisboa, vítima de acidente vascular cerebral ou apoplexia. Para trás fi...

King D. Manuel II of Portugal in Garter Robes (c. 1909)

D. Manuel II, O Último Cavaleiro Português da Ordem da Jarreteira

King D. Manuel II of Portugal in Garter Robes (c. 1909)

SM a Rainha D. Maria II da Glória de Portugal e dos Algarves e Duquesa de Bragança. Seu título completo Sereníssima e fidelissíma a Senhora Rainha Dona Maria II, pela graça de Deus, do Reino Unido de Portugal e Algarves, e acima e abaixo dos mares da África, Senhor da Guiné, da Conquista, Navegação e Comércio da Etiópia, Arábia, Pérsia, e as Índias. Editorial: Real Lidador Portugal Autor: Rui Miguel

SM a Rainha D. Maria II da Glória de Portugal e dos Algarves e Duquesa de Bragança. Seu título completo Sereníssima e fidelissíma a Senhora Rainha Dona Maria II, pela graça de Deus, do Reino Unido de Portugal e Algarves, e acima e abaixo dos mares da África, Senhor da Guiné, da Conquista, Navegação e Comércio da Etiópia, Arábia, Pérsia, e as Índias. Editorial: Real Lidador Portugal Autor: Rui Miguel

A 1 de Dezembro de 1640, um grupo de 40 fidalgos introduz-se no Paço da Ribeira, onde reside a Duquesa de Mântua, representante da coroa espanhola, mata o seu secretário Miguel de Vasconcelos e vem à janela proclamar D. João, Duque de Bragança, rei de Portugal. Termina, assim, 60 anos de domínio espanhol sobre Portugal. Fácil...

A 1 de Dezembro de 1640, um grupo de 40 fidalgos introduz-se no Paço da Ribeira, onde reside a Duquesa de Mântua, representante da coroa espanhola, mata o seu secretário Miguel de Vasconcelos e vem à janela proclamar D. João, Duque de Bragança, rei de Portugal. Termina, assim, 60 anos de domínio espanhol sobre Portugal. Fácil...

D. Dinis - Rei Lavrador & Rei Poeta. Fundou a primeira universidade portuguesa em Coimbra.  D. Dinis foi um dos fundadores da língua portuguesa.

D. Dinis - Rei Lavrador & Rei Poeta. Fundou a primeira universidade portuguesa em Coimbra. D. Dinis foi um dos fundadores da língua portuguesa.

D. Filipa de Lencastre,1359–1415, a Rainha de Portugal, que fundou as Santas Casas de Misericórdia  "Princesa do Santo Graal/ Humano ventre do Império/Madrinha de Portugal" - Fernando Pessoa

D. Filipa de a Rainha de Portugal, que fundou as Santas Casas de Misericórdia "Princesa do Santo Graal/ Humano ventre do Império/Madrinha de Portugal" - Fernando Pessoa

Família Real Portuguesa, em 1854. Da esquerda para a direita os Infantes: D. Fernando (1846-1861); Dona Antonia, depois Princesa de Hohenzollern-Sigmaringen (1845-1913); Dom Luis (1838-1889), que veste um chapéu alto, mais tarde rei Luís I de Portugal; Dona Maria Ana (1843-1884), mais tarde Princesa da Saxônia; Dom Augusto (1847-1889) e D. João (1842-1861), Duque de Beja. Editorial: Real Lidador Portugal Autor: Rui Miguel

Família Real Portuguesa, em 1854. Da esquerda para a direita os Infantes: D. Fernando (1846-1861); Dona Antonia, depois Princesa de Hohenzollern-Sigmaringen (1845-1913); Dom Luis (1838-1889), que veste um chapéu alto, mais tarde rei Luís I de Portugal; Dona Maria Ana (1843-1884), mais tarde Princesa da Saxônia; Dom Augusto (1847-1889) e D. João (1842-1861), Duque de Beja. Editorial: Real Lidador Portugal Autor: Rui Miguel

Pinterest
Pesquisar