Cores yang fazem a energia subir. Excelente para o ambiente onde a água em todos os canos está descendo. Sofia Mateus sou consultora de Feng Shui

Cores yang fazem a energia subir. Excelente para o ambiente onde a água em todos os canos está descendo. Sofia Mateus sou consultora de Feng Shui

O arquiteto Paulo Alves renovou o visual deste ambiente com poucos elementos, como o tom azul-esverdeado das paredes (Anil Tintas, ref. SW-6947*), o espelho com moldura antiga, o pendente (Reka) e a prateleira de madeira sob a bancada original de mármore travertino. “Áreas pequenas, como esta, de 2,50 x 1,30 m, parecem maiores ao ganhar uma cor inesperada, que prende o olhar e afasta as paredes para longe”, afrma.

O arquiteto Paulo Alves renovou o visual deste ambiente com poucos elementos, como o tom azul-esverdeado das paredes (Anil Tintas, ref. SW-6947*), o espelho com moldura antiga, o pendente (Reka) e a prateleira de madeira sob a bancada original de mármore travertino. “Áreas pequenas, como esta, de 2,50 x 1,30 m, parecem maiores ao ganhar uma cor inesperada, que prende o olhar e afasta as paredes para longe”, afrma.

O arquiteto Paulo Alves renovou o visual deste ambiente com poucos elementos, como o tom azul-esverdeado das paredes (Anil Tintas, ref. SW-6947*), o espelho com moldura antiga, o pendente (Reka) e a prateleira de madeira sob a bancada original de mármore travertino. “Áreas pequenas, como esta, de 2,50 x 1,30 m, parecem maiores ao ganhar uma cor inesperada, que prende o olhar e afasta as paredes para longe”, afrma.

O arquiteto Paulo Alves renovou o visual deste ambiente com poucos elementos, como o tom azul-esverdeado das paredes (Anil Tintas, ref. SW-6947*), o espelho com moldura antiga, o pendente (Reka) e a prateleira de madeira sob a bancada original de mármore travertino. “Áreas pequenas, como esta, de 2,50 x 1,30 m, parecem maiores ao ganhar uma cor inesperada, que prende o olhar e afasta as paredes para longe”, afrma.

O arquiteto Paulo Alves renovou o visual deste ambiente com poucos elementos, como o tom azul-esverdeado das paredes (Anil Tintas, ref. SW-6947*), o espelho com moldura antiga, o pendente (Reka) e a prateleira de madeira sob a bancada original de mármore travertino. “Áreas pequenas, como esta, de 2,50 x 1,30 m, parecem maiores ao ganhar uma cor inesperada, que prende o olhar e afasta as paredes para longe”, afrma.

O arquiteto Paulo Alves renovou o visual deste ambiente com poucos elementos, como o tom azul-esverdeado das paredes (Anil Tintas, ref. SW-6947*), o espelho com moldura antiga, o pendente (Reka) e a prateleira de madeira sob a bancada original de mármore travertino. “Áreas pequenas, como esta, de 2,50 x 1,30 m, parecem maiores ao ganhar uma cor inesperada, que prende o olhar e afasta as paredes para longe”, afrma.

Aqui, imagens em preto e branco foram destacadas com molduras de diferentes formatos e tamanhos, todas pintadas de amarelo. Uma delas, vazada, exibe um gancho cabideiro ...

Aqui, imagens em preto e branco foram destacadas com molduras de diferentes formatos e tamanhos, todas pintadas de amarelo. Uma delas, vazada, exibe um gancho cabideiro ...

Pinterest
Pesquisar