Os meus livros, as minhas capas

Para cada história existe uma imagem e clicando numa imagem saberá mais sobre essa história. É fácil, não é?
7 Pins133 Seguidores
Lucas é perseguido por um segredo do seu passado. O seu pesadelo parece não ter fim, até ao dia em que vê uma imagem que o força a enfrentar o seu medo. Começa então uma viagem de descoberta que o leva a encontrar segredos do seu passado que ele próprio ignora. Pelo caminho encontra várias pessoas cujas vidas foram manipuladas pelo mesmo homem. Com elas ao seu lado, Lucas sente-se capaz de enfrentar a ameaça iminente, mas será ele capaz de fazer o sacrifício necessário para vencer?

Título: A Imagem Número de páginas: 537 Formato: Edição física / e-book Género(s): Fantástico, acção, drama Para ficar a par das novidades sobre esta e outras histórias, por favor deixe o seu e-mai…

Ricardo Neves é conhecido como autor de policiais e temido como assassino profissional. Ele sempre fez tudo para que estas duas facetas da sua vida não se misturassem, mas isso está prestes a mudar. *** João Dias Martins acha que teve uma ideia de génio ao escrever sobre um autor que é também assassino profissional. Mas quando as pessoas à sua volta começam a morrer tal e qual ele descreve no seu livro, ele pensa se essas mortes não estarão a acontecer porque ele as escreve?

Título: Um Cappuccino Vermelho Número de páginas: 270 Formato: Edição física (normal/de bolso) / e-book Género(s): Policial, fantástico Para ficar a par das novidades sobre esta e outras histórias,…

2172L: parece mesmo um tuga dos antigos, só que não é. Na verdade, trata-se de um andróide, desenhado para imitar os jeitos e costumes de um povo que em tempos ocupou parte da Península Ibérica. Tudo o que sabe sobre ser português é o que consta nos seus arquivos, mas quando se vê transportado para a Alfama de princípios do século XXI, 2172L apercebe-se que há várias particularidades que não foram incluídas na sua programação.

2172L: parece mesmo um tuga dos antigos, só que não é. Na verdade, trata-se de um andróide, desenhado para imitar os jeitos e costumes de um povo que em tempos ocupou parte da Península Ibérica. Tudo o que sabe sobre ser português é o que consta nos seus arquivos, mas quando se vê transportado para a Alfama de princípios do século XXI, 2172L apercebe-se que há várias particularidades que não foram incluídas na sua programação.

Entre Setembro de 2010 e Julho de 2011 Portugal foi assolado por terríveis flagelos, felizmente, também existiram coisas boas, como a exposição itinerante “Viva a República! …em digressão”, que durante cerca de um ano percorreu Portugal, de norte a sul, para assinalar as comemorações do Centenário da República. Aos que tiveram a sorte de nos visitar, este livro irá dar a conhecer os bastidores deste projecto. Aos que não tiveram oportunidade, vemos-nos daqui a cem anos.

Entre Setembro de 2010 e Julho de 2011 Portugal foi assolado por terríveis flagelos, felizmente, também existiram coisas boas, como a exposição itinerante “Viva a República! …em digressão”, que durante cerca de um ano percorreu Portugal, de norte a sul, para assinalar as comemorações do Centenário da República. Aos que tiveram a sorte de nos visitar, este livro irá dar a conhecer os bastidores deste projecto. Aos que não tiveram oportunidade, vemos-nos daqui a cem anos.

Num armazém onde se cruzam várias realidades, o Director observa um dos seres que mantêm o Universo em funcionamento. Ao fazê-lo, recorda-se do tempo em que a sua vida tinha um propósito – o tempo em que era livre sem o saber.

Num armazém onde se cruzam várias realidades, o Director observa um dos seres que mantêm o Universo em funcionamento. Ao fazê-lo, recorda-se do tempo em que a sua vida tinha um propósito – o tempo em que era livre sem o saber.


Mais ideias
Pinterest
Pesquisar