Remar em pé

Explorar tópicos relacionados

Stand Up Paddle: A arte de remar em pé!

Stand Up Paddle: A arte de remar em pé!

A satisfação desde verão é repeteco dos últimos dois anos e creio que vai durar muitas temporadas: Stand Up Paddle. SUP nada mais é do que uma variação do surf praticado em pé e com o uso de remos. E o litoral brasileiro é a combinação perfeita para a prática concordam? Antes de experimentar (e ver meu filho gamar) eu não entendia porque esse esporte estava na moda. Agora entendo. O SUP trabalha todo o sistema cardiovascular tonifica a musculatura de membros inferiores e superiores e queima…

A satisfação desde verão é repeteco dos últimos dois anos e creio que vai durar muitas temporadas: Stand Up Paddle. SUP nada mais é do que uma variação do surf praticado em pé e com o uso de remos. E o litoral brasileiro é a combinação perfeita para a prática concordam? Antes de experimentar (e ver meu filho gamar) eu não entendia porque esse esporte estava na moda. Agora entendo. O SUP trabalha todo o sistema cardiovascular tonifica a musculatura de membros inferiores e superiores e queima…

Calça de bebe                      Calça de bebe             Mijão é o nome que se dá aquelas calças, com pé ou sem pé, que be...

Calça de bebê com molde e passo a passo

Calça de bebe Calça de bebe Mijão é o nome que se dá aquelas calças, com pé ou sem pé, que be...

Os Baniwa produzem cestaria de arumã para venda ou troca por bens há décadas. Dependendo da posição da comunidade no Rio Içana, os produtores-comerciantes baniwa saem para vender/trocar seus produtos em Mitú (Colômbia) ou S. Gabriel da Cachoeira. Na década de 50, a preferência era vender em Mitú, o que implicava remar forte rio acima e carregar a cestaria a pé pelo varadouro que ligava a Bacia do Içana ao Uaupés/Colômbia.

Os Baniwa produzem cestaria de arumã para venda ou troca por bens há décadas. Dependendo da posição da comunidade no Rio Içana, os produtores-comerciantes baniwa saem para vender/trocar seus produtos em Mitú (Colômbia) ou S. Gabriel da Cachoeira. Na década de 50, a preferência era vender em Mitú, o que implicava remar forte rio acima e carregar a cestaria a pé pelo varadouro que ligava a Bacia do Içana ao Uaupés/Colômbia.

Na era do culto às celebridades, do elogio à desinteligência, da ânsia pelo fútil, do aplauso ao vazio, quanto vale um professor? Nada. [...]Ser nada a uma geração onde o vazio é aplaudido de pé, remar contra o mar da mediocridade do mundo é uma glória sem preço. Em tempos como o nosso, ser menos é mais.

Quanto vale um professor?

Na era do culto às celebridades, do elogio à desinteligência, da ânsia pelo fútil, do aplauso ao vazio, quanto vale um professor? Nada. [...]Ser nada a uma geração onde o vazio é aplaudido de pé, remar contra o mar da mediocridade do mundo é uma glória sem preço. Em tempos como o nosso, ser menos é mais.

By @wolvsup

By @wolvsup

↟ «o que fazes quando já fizeste tudo o que podias e parece que nada é suficiente? o que dás quando já deste tudo e parece que nada alcanças? a resposta é sempre a mesma, ainda que às vezes te esqueças: manténs-te de pé.

Juliana Paiva

Juliana Paiva

Foto Kai Quekel, roeivereniging De Waal op nevengeul Lent, 10 augustus 2016

Foto Kai Quekel, roeivereniging De Waal op nevengeul Lent, 10 augustus 2016

Maui, Hawaii...well I never seen any sunsets that looked like this when I was there. But Mauai is truly beautiful

10 Breathtaking Islands You Must Visit in 2017

Maui, Hawaii...well I never seen any sunsets that looked like this when I was there. But Mauai is truly beautiful

Pinterest
Pesquisar