""Esse muçulmano brasileiro tem uma conta no youtube e nesse vídeo ele defende a sharia(lei islâmica) e a pena de apedrejamento até a morte.  No final ele ainda insinua que nossa cultura é pior que a deles, já que aqui morre muito mais mulheres vítimas de violência.  A diferença caro muçulmano, é que que os crimes aqui cometidos contra mulheres são feitos por marginais e repudiados por toda sociedade. Já no islã os crimes de honra são permitidos pela lei islâmica e defendidos por islâmicos…

""Esse muçulmano brasileiro tem uma conta no youtube e nesse vídeo ele defende a sharia(lei islâmica) e a pena de apedrejamento até a morte. No final ele ainda insinua que nossa cultura é pior que a deles, já que aqui morre muito mais mulheres vítimas de violência. A diferença caro muçulmano, é que que os crimes aqui cometidos contra mulheres são feitos por marginais e repudiados por toda sociedade. Já no islã os crimes de honra são permitidos pela lei islâmica e defendidos por islâmicos…

Alguns anos depois dos atentados de 11 de Setembro, um júri reúne-se em Manhattan para escolher o projeto vencedor de um memorial, a ser erigido no Ground Zero. Perante milhares de participações anônimas, o júri - constituído por artistas, acadêmicos e a viúva de uma das vítimas - chega finalmente a acordo. Abrem o envelope selado que contém a identidade do vencedor. A perturbação é geral: o distinguido é um arquiteto muçulmano chamado Mohammad Khan. O debate que se segue reacende discórdias…

Alguns anos depois dos atentados de 11 de Setembro, um júri reúne-se em Manhattan para escolher o projeto vencedor de um memorial, a ser erigido no Ground Zero. Perante milhares de participações anônimas, o júri - constituído por artistas, acadêmicos e a viúva de uma das vítimas - chega finalmente a acordo. Abrem o envelope selado que contém a identidade do vencedor. A perturbação é geral: o distinguido é um arquiteto muçulmano chamado Mohammad Khan. O debate que se segue reacende discórdias…

Casal muçulmano discutindo

As mulheres muçulmanas dispostas a fazer sexo com estranhos na esperança de salvar casamento

Casal muçulmano discutindo

Ex-muçulmano explica por que virou ateu

Ex-muçulmano explica por que virou ateu

AMO VOCÊ EM CRISTO: Intelectual muçulmano se converte ao Evangelho apó...

AMO VOCÊ EM CRISTO: Intelectual muçulmano se converte ao Evangelho apó...

O Primeiro Muçulmano

O Primeiro Muçulmano

Nabeel Qureshi é um ex-muçulmano que hoje tem um ministério de apologética focado nas comparações do Islã com o Cristianismo. Ele é autor de vários livros, incluindo “Procurei Alá, encontrei Jesus”, disponível no Brasil. Desde sua conversão, tem dedicado sua vida à pregação do Evangelho, dando palestras em universidades e seminários nos EUA, onde mora atualmente. …

Nabeel Qureshi é um ex-muçulmano que hoje tem um ministério de apologética focado nas comparações do Islã com o Cristianismo. Ele é autor de vários livros, incluindo “Procurei Alá, encontrei Jesus”, disponível no Brasil. Desde sua conversão, tem dedicado sua vida à pregação do Evangelho, dando palestras em universidades e seminários nos EUA, onde mora atualmente. …

HIJAB VÉU MUÇULMANO

HIJAB VÉU MUÇULMANO

Branco Azul do vintage Vestido de Casamento Da Princesa Rendas Muçulmano Da Arábia Saudita Dubai Vestidos de Noiva Vestidos de Casamento Vestidos de Noiva de Luxo Loja Online | aliexpress móvel

Branco Azul do vintage Vestido de Casamento Da Princesa Rendas Muçulmano Da Arábia Saudita Dubai Vestidos de Noiva Vestidos de Casamento Vestidos de Noiva de Luxo Loja Online | aliexpress móvel

Quando nos perguntamos sobre as origens do terrorismo, já sei que a primeira imagem que vem à mente é de um país do Oriente Médio. E se investigarmos mais profundamente a nossa cabeça, não precisa nem de psicoterapia para encontrar ali, certamente habitando, um homem muçulmano. Sim, falando alguma língua confusa, parecida com o árabe, pele parda, barba preta, cabelo também escuro, quem sabe usando uma roupa típica com turbante e tudo. Armado ou não, ele nos assusta. Por que essa é a imagem…

Quando nos perguntamos sobre as origens do terrorismo, já sei que a primeira imagem que vem à mente é de um país do Oriente Médio. E se investigarmos mais profundamente a nossa cabeça, não precisa nem de psicoterapia para encontrar ali, certamente habitando, um homem muçulmano. Sim, falando alguma língua confusa, parecida com o árabe, pele parda, barba preta, cabelo também escuro, quem sabe usando uma roupa típica com turbante e tudo. Armado ou não, ele nos assusta. Por que essa é a imagem…

Pinterest
Pesquisar