Meados do século

Explorar tópicos relacionados

Guimarães - Fique a conhecer as tradições populares de Trás-os-Montes-e-Alto-Douro em: www.asenhoradomonte.com
Calça legging: Calça justa de malha. Desde a Idade Média, os leggings são empregados como proteção contra o frio. Foram usados por crianças e jovens desde meados do século seguinte. Na década de80, surgiram como peça de moda, principalmente em preto, mas também em cores vivas e estampas, sendo rapidamente adotado como vestimenta para o lazer.
Na foto o Largo da Memória em meados do século 19 (clique na foto para ampliar).
Terno A partir de meados do século XIX, o uso do terno estabeleceu a imagem masculina moderna. Nessa época, o traje masculino seguia rigorosamente sua nomenclatura (terno = três peças) e era composto por calças, colete e paletó. Durante o século XX, o terno evoluiu pouco, limitando-se a dispensar o colete ou não, apresentar-se em tecidos coloridos ou sóbrios e a aumentar ou diminuir as ombreiras e lapelas do paletó, que podiam ter variações em seus abotoamentos (2, 3, 4 ou mais botões, por…
Casa de meados do século: Herança de 1958 - MidCentury - o guia de arquitetura, interiores e mobiliário moderno
de coraç@o: Design Dinamarquês de Meados do Século.
de coraç@o: Design Dinamarquês de Meados do Século.
O que as crianças dos anos do século 19 faziam diariamente?. As primeiras leis sobre trabalho infantil começaram a surgir em meados do século 20, regulamentando o comércio de bens produzidos por crianças. Em alguns locais, havia requisitos obrigatórios para que as crianças frequentassem a escola, mas a maioria não o fazia. Apesar de crianças de origem rica irem à escola todos os dias, as outras crianças ...
Escarpim: Sapato leve de sola fina que deixa o pé quase todo à mostra. Lançado em meados do século XIX, o escarpim tem salto baixo ou médio e uma linha que se afina em direção ao bico. É muito usado desde seu lançamento, embora a cada década a moda dite o tipo e altura do salto.
Arte africana, influente e relegada. As primeiras obras, hoje denominadas por “arte africana”, foram expostas ao mundo ocidental ainda em meados do século..
Com a ajuda da tecnologia, as fotos antigas em preto e branco podem até ganhar cores. Acontece que o banqueiro francês Albert Kahn comissionou quatro fotógrafos em 1909 para documentar as charmosas ruas de Paris em fotografias coloridas. E o resultado dificilmente poderia ter sido melhor. As imagens foram clicadas por Leon Gimpel, Stephane Passet, Georges Chevalier e Auguste Leon com um processo chamado autocromo, ou Autochrome Lumière, que permitia fotos em cores em meados do século XX. O…
Com a ajuda da tecnologia, as fotos antigas em preto e branco podem até ganhar cores. Acontece que o banqueiro francês Albert Kahn comissionou quatro fotógrafos em 1909 para documentar as charmosas ruas de Paris em fotografias coloridas. E o resultado dificilmente poderia ter sido melhor. As imagens foram clicadas por Leon Gimpel, Stephane Passet, Georges Chevalier e Auguste Leon com um processo chamado autocromo, ou Autochrome Lumière, que permitia fotos em cores em meados do século XX. O…
Com a ajuda da tecnologia, as fotos antigas em preto e branco podem até ganhar cores. Acontece que o banqueiro francês Albert Kahn comissionou quatro fotógrafos em 1909 para documentar as charmosas ruas de Paris em fotografias coloridas. E o resultado dificilmente poderia ter sido melhor. As imagens foram clicadas por Leon Gimpel, Stephane Passet, Georges Chevalier e Auguste Leon com um processo chamado autocromo, ou Autochrome Lumière, que permitia fotos em cores em meados do século XX. O…
Com a ajuda da tecnologia, as fotos antigas em preto e branco podem até ganhar cores. Acontece que o banqueiro francês Albert Kahn comissionou quatro fotógrafos em 1909 para documentar as charmosas ruas de Paris em fotografias coloridas. E o resultado dificilmente poderia ter sido melhor. As imagens foram clicadas por Leon Gimpel, Stephane Passet, Georges Chevalier e Auguste Leon com um processo chamado autocromo, ou Autochrome Lumière, que permitia fotos em cores em meados do século XX. O…
Com a ajuda da tecnologia, as fotos antigas em preto e branco podem até ganhar cores. Acontece que o banqueiro francês Albert Kahn comissionou quatro fotógrafos em 1909 para documentar as charmosas ruas de Paris em fotografias coloridas. E o resultado dificilmente poderia ter sido melhor. As imagens foram clicadas por Leon Gimpel, Stephane Passet, Georges Chevalier e Auguste Leon com um processo chamado autocromo, ou Autochrome Lumière, que permitia fotos em cores em meados do século XX. O…
Com a ajuda da tecnologia, as fotos antigas em preto e branco podem até ganhar cores. Acontece que o banqueiro francês Albert Kahn comissionou quatro fotógrafos em 1909 para documentar as charmosas ruas de Paris em fotografias coloridas. E o resultado dificilmente poderia ter sido melhor. As imagens foram clicadas por Leon Gimpel, Stephane Passet, Georges Chevalier e Auguste Leon com um processo chamado autocromo, ou Autochrome Lumière, que permitia fotos em cores em meados do século XX. O…
Pinterest
Pesquisar