© Peter Eaton | Imagem de microscopia de força atómica de "concatameros" de material genético (ADN). Quando o ADN é aquecido a 95°C, as duas cadeias da dupla hélice separam-se e, normalmente, quando arrefece, as cadeias voltam a unir-se na forma original. No entanto, se o processo não corre bem, várias cadeias podem unir-se "ponta-a-ponta", formando estas estruturas complexas, chamadas "concatameros".

© Peter Eaton | Imagem de microscopia de força atómica de "concatameros" de material genético (ADN). Quando o ADN é aquecido a 95°C, as duas cadeias da dupla hélice separam-se e, normalmente, quando arrefece, as cadeias voltam a unir-se na forma original. No entanto, se o processo não corre bem, várias cadeias podem unir-se "ponta-a-ponta", formando estas estruturas complexas, chamadas "concatameros".

Cinquenta e nove anos depois de James Watson e Francis Crick deduziram a estrutura de dupla hélice do ADN, um cientista conquistou a primeira fotografia direta da escada torcida que sustenta a vida. Enzo Di Fabrizio, professor de física na Universidade da Magna Grécia em Catanzaro, Itália, bateu a foto usando um microscópio eletrónico.

Cinquenta e nove anos depois de James Watson e Francis Crick deduziram a estrutura de dupla hélice do ADN, um cientista conquistou a primeira fotografia direta da escada torcida que sustenta a vida. Enzo Di Fabrizio, professor de física na Universidade da Magna Grécia em Catanzaro, Itália, bateu a foto usando um microscópio eletrónico.

Livro - A Dupla Hélice: Como Descobri a Estrutura do DNA

Livro - Confrontos e Contrastes Regionais da Ciências e Tecnologia no Brasil

Livro - A Dupla Hélice: Como Descobri a Estrutura do DNA

dupla hélice

dupla hélice

Dupla Hélice 50 anos

Edição Especial - Abril 2003

Dupla Hélice 50 anos

Eletrônica Alvorada : Dupla hélice inorgânica vem dar nova vida à eletrô...

Eletrônica Alvorada : Dupla hélice inorgânica vem dar nova vida à eletrô...

As degraus que vão para cima e para baixo na Torre de Sauvabelin em Lausanne, na Suíça. Com 35 metros de altura, a torre possui  302 degraus (151 para a subida e 151 para a descida), que formam uma dupla hélice. As vigas que formam os degraus são fixados num eixo central, o que provoca a separação dos degraus de subida e descida. Toda a madeira utilizada foi proveniente de florestas da cidade.   Fotografia: Sandro Senn.

As degraus que vão para cima e para baixo na Torre de Sauvabelin em Lausanne, na Suíça. Com 35 metros de altura, a torre possui 302 degraus (151 para a subida e 151 para a descida), que formam uma dupla hélice. As vigas que formam os degraus são fixados num eixo central, o que provoca a separação dos degraus de subida e descida. Toda a madeira utilizada foi proveniente de florestas da cidade. Fotografia: Sandro Senn.

Bosque urbano toma forma em edificio em edificio de em edifício de Taiwan Ideias do arquiteto Vincent Callebaut se definem na torre Tao Zhu Yin Yuan, uma estrutura capaz de absorver até 130 toneladas de emissões de CO2 por ano || A capital taiwanesa está vendo crescer nesses dias um novo morador em seu skyline, a torre Tao Zhu Yin Yuan, também conhecida como Agora Garden. Um projeto inovador em forma de dupla hélice, a promessa de ajudar o meio ambiente e o atrativo da sustentabilidade

Bosque urbano toma forma em edificio em edificio de em edifício de Taiwan Ideias do arquiteto Vincent Callebaut se definem na torre Tao Zhu Yin Yuan, uma estrutura capaz de absorver até 130 toneladas de emissões de CO2 por ano || A capital taiwanesa está vendo crescer nesses dias um novo morador em seu skyline, a torre Tao Zhu Yin Yuan, também conhecida como Agora Garden. Um projeto inovador em forma de dupla hélice, a promessa de ajudar o meio ambiente e o atrativo da sustentabilidade

Arquitetura inovando espaços: escadas criativas e inusitadas

30. After Effects: DNA Dupla Hélice Giratório

30. After Effects: DNA Dupla Hélice Giratório

Pinterest
Pesquisar