Direitos civis

Para o boxer americano Muhammad Ali, não bastava a medalha de ouro nas olimpíadas, os cinturões de peso pesado, nem mesmo o reconhecimento como desportista do século ou como uma das mais importantes figuras do nosso tempo. Ele foi também um aguerrido militante pelos direitos civis, contra a desigualdade racial e contra a intervenção militar americana no Vietnã, conflito para o qual se recusou a participar (e que, por isso, teve seu título mundial retirado). Muhammad Ali abandonou seu nome de…

Para o boxer americano Muhammad Ali, não bastava a medalha de ouro nas olimpíadas, os cinturões de peso pesado, nem mesmo o reconhecimento como desportista do século ou como uma das mais importantes figuras do nosso tempo. Ele foi também um aguerrido militante pelos direitos civis, contra a desigualdade racial e contra a intervenção militar americana no Vietnã, conflito para o qual se recusou a participar (e que, por isso, teve seu título mundial retirado). Muhammad Ali abandonou seu nome de…

O Canadá anunciou em março deste ano que, a partir de 2018, suas notas de 10 dólares virão estampadas com o rosto de Viola Desmond, grande ativista dos direitos civis. Viola será a primeira negra a aparecer na moeda canadense. A ativista, que lutou bravamente contra a segregação racial no seu país, chegou muitas vezes a ser comparada a icônica Rosa Parks. Em 1946, quando se sentou na seção ‘apenas para brancos’ de um cinema, foi convidada a se retirar, mas se recusou e foi retirada a força…

O Canadá anunciou em março deste ano que, a partir de 2018, suas notas de 10 dólares virão estampadas com o rosto de Viola Desmond, grande ativista dos direitos civis. Viola será a primeira negra a aparecer na moeda canadense. A ativista, que lutou bravamente contra a segregação racial no seu país, chegou muitas vezes a ser comparada a icônica Rosa Parks. Em 1946, quando se sentou na seção ‘apenas para brancos’ de um cinema, foi convidada a se retirar, mas se recusou e foi retirada a força…

Os Estados Unidos ferveram nas décadas de 50, 60 e 70 por causa do Movimento dos Direitos Civis, em que se buscava igualdade legal para todas as camadas da população, independentemente de cor, raça ou religião. Entre os grandes líderes estavam nomes famosos como Martin Luther King, Malcom X e James Baldwin. Baldwin foi um escritor crítico social que ficou marcado especialmente por seus livros e ensaios em que analisava a situação dos negros norte-americanos de forma bastante direta, sem…

Os Estados Unidos ferveram nas décadas de 50, 60 e 70 por causa do Movimento dos Direitos Civis, em que se buscava igualdade legal para todas as camadas da população, independentemente de cor, raça ou religião. Entre os grandes líderes estavam nomes famosos como Martin Luther King, Malcom X e James Baldwin. Baldwin foi um escritor crítico social que ficou marcado especialmente por seus livros e ensaios em que analisava a situação dos negros norte-americanos de forma bastante direta, sem…

A importância de Gordon Parks para a história do fotojornalismo norte-americano não se restringe às imagens que registrou. Sua trajetória foi dedicada com especial militância a respeito da questão negra, dos direitos civis e das populações mais pobres nos EUA, desde os anos 1940 até 2006, quando veio a falecer. Foi para relembrar a pungência de suas fotos e de sua própria história que o rapper Kendrick Lamar, em seu novo clipe, ELEMENT, homenageou Gordon e suas imagens. Algumas das mais…

Novo clipe de Kendrick Lamar homenageia a luta dos negros nos EUA recriando fotos do icônico Gordon Parks

A importância de Gordon Parks para a história do fotojornalismo norte-americano não se restringe às imagens que registrou. Sua trajetória foi dedicada com especial militância a respeito da questão negra, dos direitos civis e das populações mais pobres nos EUA, desde os anos 1940 até 2006, quando veio a falecer. Foi para relembrar a pungência de suas fotos e de sua própria história que o rapper Kendrick Lamar, em seu novo clipe, ELEMENT, homenageou Gordon e suas imagens. Algumas das mais…

Deputados criticam restrição a direitos civis de pessoas com Down.   Samuel Sestaro discursa

Liane Collares discursa na Mesa da Presidência da Câmara dos Deputados Em sessão solene realizada nesta terça-feira na Câmara para homenagear o Di...

Gordon Parks e os direitos civis nos EUA: retratos de um país ainda dividido

Gordon Parks e os direitos civis nos EUA: retratos de um país ainda dividido

Direitos Civis, Eua, Museu De Arte, Parques Gordon, Ensaio Fotográfico, Fotos De, Mulheres Brancas, Compartimento Da Vida, Corvos

Direitos Civis para o Exercício da Cidadania. Difundir direitos civis aos cidadãos, focando nas datas comemorativas para apresentação dos temas ao público atendido pelo Escritório de Prática Jurídica (EPJ), na Universidade de Fortaleza e em atividades externas.

Direitos Civis para o Exercício da Cidadania

A saudita negra com brevê de piloto que virou símbolo da luta por direitos civis | Nawal Al-Hawsawi tem quase 50 mil seguidores no Twitter | A imprensa a chamou de "Rosa Parks da Arábia Saudita" ? uma referência à icônica ativista pelos direitos civis nos Estados Unidos, que, em 1955, recusou-se a ceder seu assento no ônibus a um homem branco

A saudita negra com brevê de piloto que virou símbolo da luta por direitos civis

Nawal Al Hawsawi fala o que pensa, é negra, tem brevê de piloto e é casada com um homem branco --tudo o que seus críticos dizem que uma mulher saudita não ...

Trump homenageia Martin Luther King após atacar outra figura dos direitos civis https://angorussia.com/noticias/mundo/trump-homenageia-martin-luther-king-apos-atacar-outra-figura-dos-direitos-civis/

Trump homenageia Martin Luther King após atacar outra figura dos direitos civis

Trump homenageia Martin Luther King após atacar outra figura dos direitos civis - AngoRussia

O autor relata os anos do processo de cidadania no país, focando nos direitos civis, sociais e políticos. José Murilo de Carvalho descreve o processo de independência do Brasil, assim como o significado do voto e o Movimento Sem Terra (MST).

O autor relata os anos do processo de cidadania no país, focando nos direitos civis, sociais e políticos. José Murilo de Carvalho descreve o processo de independência do Brasil, assim como o significado do voto e o Movimento Sem Terra (MST).

CIDADANIA NO BRASIL lógica. Foi com base no exercício dos direitos civis, nas liberdades civis, que os ingleses reivindica...

CIDADANIA NO BRASIL lógica. Foi com base no exercício dos direitos civis, nas liberdades civis, que os ingleses reivindica...

A MARCHA DE MARTIN LUTHER KING (1963) No dia 28 de agosto de 1963, o ativista de direitos civis Dr. Martin Luther King Jr. fez o discurso que ficou famoso pela frase “I have a Dream”, pedindo o fim das políticas discriminatórias nos EUA. Em sua marcha até Washington, mais de 250 mil pessoas ouviram suas palavras no Lincoln Memorial.

Martin Luther King Jr. profere o seu famoso discurso "I have a dream" em agosto de 1963 frente ao Memorial Lincoln em Washington, durante a chamada "marcha pelo emprego e pela liberdade".

Como amarrar um bracelete hippie. O movimento hippie defendia igualdade racial, direitos civis e paz. A música e a arte ajudaram os hippies a transmitir seus ideais, crenças e preocupações. Eles também tinham seu próprio estilo de acessórios de vestuário e um deles era o bracelete feito de uma série de nós que criam um padrão trançado. Os hippies de hoje em dia seguem o mesmo ...

Como amarrar um bracelete hippie

Como amarrar um bracelete hippie. O movimento hippie defendia igualdade racial, direitos civis e paz. A música e a arte ajudaram os hippies a transmitir seus ideais, crenças e preocupações. Eles também tinham seu próprio estilo de acessórios de vestuário e um deles era o bracelete feito de uma série de nós que criam um padrão trançado. Os hippies de hoje em dia seguem o mesmo ...

Nomes como Barkley Hendrix e Romare Bearden buscavam respeito artístico para além dos direitos civis

Exposição na Tate revela busca estética de artistas afro-americanos

Nomes como Barkley Hendrix e Romare Bearden buscavam respeito artístico para além dos direitos civis

A saudita negra com brevê de piloto que se tornou símbolo na luta por direitos civis - Geledés

A saudita negra com brevê de piloto que se tornou símbolo na luta por direitos civis - Geledés

Dia 15 de janeiro Martin Luther King completaria 82 anos de vida. Embora não esteja mais presente, sua memória, seu legado de discursos e sua visão pacífica de lutar pelos direitos civis estão ainda atuais e muito pontuados no mundo inteiro.

Homenagem a Martin Luther King

Dia 15 de janeiro Martin Luther King completaria 82 anos de vida. Embora não esteja mais presente, sua memória, seu legado de discursos e sua visão pacífica de lutar pelos direitos civis estão ainda atuais e muito pontuados no mundo inteiro.

Pinterest
Pesquisar