Da cidade

Collection by Cristina Cavaco • Last updated 1 day ago

425 
Pins
 • 
14 
Followers
Cristina Cavaco
2018, 31 de Agosto - Fecha a Pastelaria Suíça no Rossio, Lisboa. Foi fundada em Março de 1922 por Isidro Lopes e Raul de Moura, com um capital social de 300 contos (equivalente a 1.500 euros). No papel chamava-se Casa Suissa, Lda.

Pastelaria Suíça, em Lisboa, fecha as portas: “Foi a minha segunda casa durante 41 anos”

Esta sexta-feira assinala-se o último dia da Pastelaria Suíça, no Rossio, no coração de Lisboa. Esta casa foi fundada em março de 1922, com um capital social de 300 mil escudos. Maria Callas e Orson Welles passaram por aqui em tempos idos

Lisboa e Almada ficaram mais próximas em agosto de 1966, quando a agora chamada Ponte 25 de Abril nasceu no alto dos seus 70 metros acima do rio Tejo. Veja imagens raras dos tempos da construção.

Lisboa. As primeiras imagens (raras) da Ponte 25 de Abril

Lisboa e Almada ficaram mais próximas em agosto de 1966, quando a agora chamada Ponte 25 de Abril nasceu no alto dos seus 70 metros acima do rio Tejo....

De acordo com o olisipógrafo Norberto de Araújo «Era aqui a horta dos frades de S. Bento, ainda do século passado [séc. XIX]. A designação de Largo de S. Bento datava do ano da inauguração do Mercado. E o Arco? Desapareceu integralmente há meia dúzia de dias, e levou sete longos meses a deitar abaixo, sendo numeradas tôdas as pedras para uma projectada edificação, meramente decorativa. Talvez venha o Arco a ser reerguido neste Largo, que será ajardinado - tal um arco romano no meio de uma…

Arco de S. Bento

De acordo com o olisipógrafo Norberto de Araújo «Era aqui a horta dos frades de S. Bento, ainda do século passado [séc. XIX]. A designação de Largo de S. Bento datava do ano da inauguração do Mercado. E o Arco? Desapareceu integralmente há meia dúzia de dias, e levou sete longos meses a deitar abaixo, sendo numeradas tôdas as pedras para uma projectada edificação, meramente decorativa. Talvez venha o Arco a ser reerguido neste Largo, que será ajardinado - tal um arco romano no meio de uma…

Beco da Bicha (1930/40)

Lisboa de Antigamente

Lisboa de Antigamente retrata a cidade, através de fotografias antigas das suas gentes, monumentos e muito, muito mais.

Lisboa de Antigamente: Rua Áurea, 145-149

Rua Áurea, 145-149

Lembram-se? Na Rua do Ouro, 145 a 149, era ha poucos annos ainda atraz, a loja das Novidades, com alguma coisa de tetrico, com alguma coisa de lugubre até, que lhe vinha d'aquellas corôas e crepes mortuarios, feitas de lindas flores artificiaes.

Lisboa de Antigamente: O Conde-Barão e o Merca-tudo

O Conde-Barão e o Merca-tudo

É, com efeito, de certo modo pitoresco — recorda-nos Norberto de Araújo —, até nas designações, êste conjunto de ruelas: Rua do Silva, Rua do Merca-tudo, Travessa dos Pescadores, a denotarem antigüidade em semblante que - oculto entre artérias principais - resiste ao progresso urbano.

Lisboa de Antigamente: Fevereiro 2016

Lisboa de Antigamente

Lisboa de Antigamente retrata a cidade, através de fotografias antigas das suas gentes, monumentos e muito, muito mais.

Artur Pastor

Artur Pastor

Divulgação da obra do fotógrafo Artur Pastor. Dissemination of the work of the photographer Artur Pastor (Portugal 1922-1999). Artur Pastor nasceu em 1922 em Alter do Chão. Artur Pastor termina o...

Lisboa de Antigamente: Papelaria Fernandes

Papelaria Fernandes

A génese da Papelaria Fernandes remonta a 1891, ano em que Joaquim Lourenço e o seu sobrinho Artur Lourenço fazem uma sociedade tomando de trespasse uma loja na então Rua do Rato, onde hoje encontramos o Largo do Rato, em Lisboa.

25 lojas que deixaram saudades em Lisboa – Observador

25 lojas que deixaram saudades em Lisboa

Se há cada vez mais turistas a visitar a capital, a verdade é que também existem cada vez menos lojas históricas onde estes podem fazer compras. Conhe...

Restos de Colecção: Café “Palladium” em Lisboa

Café “Palladium” em Lisboa

O edifício do Café e Salão de Chá “Palladium”, localizado na Avenida da Liberdade, 1, junto ao “Elevador da Glória”, foi projectado pelo arquitecto Manuel Joaquim Norte Júnior (1878-1962) , em 1909 e concluído em 1912. Edifício projectado pelo arquitecto Manuel Joaquim Norte Júnior (1878-1962), em foto de 1912 O 1º andar deste edifício, viria a ser ocupado, a partir de 1912, pela “Casa de Saúde para Cirurgia Clínica Henrique Bastos”, vindo a ser ocupado, posteriormente, a partir de 1930…

Quando a cidade inteira saía à rua: o Carnaval em Lisboa no início do século XX

Quando a cidade inteira saía à rua: o Carnaval em Lisboa no início do século XX

Não havia plumas nem mulheres despidas, as crianças posavam sérias para as fotografias e as ruas da cidade enfeitavam-se como se fosse Natal.

Personagens alfacinhas, Manas Perliquitetes

Personagens alcacinhas, «Manas Perliquitetes» Mosteiro dos Jerónimos

Lisboa de Antigamente: Travessa da Trabuqueta - 1940 (à esquerda, Rua do Arco de Alcântara).

Travessa da Trabuqueta

Trabuqueta! Vê tu que bizarra designação. Deve ser antiga, talvez desde o princípio dêste dédalo arruado e insignificante. Aí tens uns casebres côr de rosa, ao lado de uns prédios de há meia dúzia de anos, mais senhores de si.