Artesanato, cerâmica, faiança...

Collection by Cristina Cavaco • Last updated 5 weeks ago

59 
Pins
 • 
13 
Followers
Cristina Cavaco
blue dishes, Portuguese pottery click now to see more. Blue And White China, Blue China, Love Blue, Blue Dishes, White Dishes, Blue Pottery, Blue Plates, Polish Pottery, White Decor

Bunzlau Castle Pools Servies

Wij bieden u het complete assortiment Pools Bunzlau Castle servies. Altijd een zeer ruime keus aan First Quality producten in onze winkel. Of u nu kopjes, borden, theepotten, kannen of ovenschalen zoekt. Maar ook de komplete lijn Bunzlau Castle textiel is in onze winkel te bewonderen. Al het Bunzlau Castle aardewerk wordt hand gemaakt in Boleslawiec Polen.

Rafael Bordalo Pinheiro Azulejos Art Nouveau, Art Nouveau Tiles, Tile Art, Mosaic Tiles, Tiling, Seaside Home Decor, Traditional Tile, Antique Tiles, Portuguese Tiles

Rafael Bordalo Pinheiro (Vida e Obra)

Rafael Bordalo Pinheiro, Jarra, A dança das rãs, rodada e modelada em barro vermelho, 1893. Peça de inspiração Arte Nova. Fábrica de Faianças das Caldas da Rainha - Museu da Cerâmica Citação "... Cá pelo país está tudo diferente e tudo na mesma. As lutas pelo poder continuam. Os partidos sucedem-se. É que a política é como uma “grande porca”. É na política que todos mamam. E como não chega para todos, parecem bacorinhos que se empurram para ver o que consegue apanhar uma teta." Rafael…

desenvolturasedesacatos: HISTÓRIA DA FILIGRANA PORTUGUESA Old Jewelry, Ethnic Jewelry, Jewelery, Vintage Jewelry, Filigree Jewelry, Gold Filigree, Portuguese Culture, Lady Macbeth, Visit Portugal

HISTÓRIA DA FILIGRANA PORTUGUESA

Filigrana Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Brasão municipal deGondomar, mostrando um coração de filigrana. Objectos de filigrana Filigrana é um trabalho ornamental feito de fios muito finos e pequeninas bolas de metal, soldadas de forma a compor um desenho. O metal é geralmente ouro ou prata, mas o bronze e outros metais também são usados. A filigrana foi utilizada na joalharia desde a Antiguidade greco-romana, sendo ainda empregada em grande variedade de objetos decorativos…

37652696_821498818040765_4290498927989358592_n Needlework, Bullet Journal, Embroidery, Portugal, Christmas Gifts, Disney, Embroidery Ideas, Homemade Crafts, Embroidery Hoop Crafts

CORRIGIR A ORTOGRAFIA DOS LENÇOS DE NAMORADOS É COMO CANTAR AO DESAFIO SEM PRONÚNCIA DO MINHO

37652696_821498818040765_4290498927989358592_n

Do Tempo da Outra Senhora: Bonecos de Estremoz: Mariano da Conceição (1.ª parte) Portugal, Portuguese, Nostalgia, The Past, Old Things, 1, Antiques, Photography, Timeline

Bonecos de Estremoz: Mariano da Conceição (1.ª parte)

Fig. 1 - Mariano da Conceição na sua oficina em pose para o fotógrafo Rogério de Carvalho (1915-1988). À sua direita, o Presépio de trono ou altar projectado por Sá Lemos e por ele executado. Este vistoso presépio não esteve presente na Exposição do Mundo Português em 1940, pelo que terá sido criado posteriormente, mas em data anterior a Dezembro de 1947, já que nesta data, a fotografia aqui apresentada aparece a ilustrar a capa da revista “Mensário das Casas do Povo”, nº 18. Arquivo…

Sheppard's covers from Ecolã, Serra da Estrela Portugal, Fluffy Blankets, Natural Kitchen, White Books, Portuguese, Wine Recipes, How To Make, Design Patterns, Winter Style

Ecolã, fábrica de tecido burel, 100% lã de ovelha, orgânica

A Ecolã fabrica e comercializa produtos em Burel 100% lã ovelha, tais como: vestuário e acessórios, cobertores e mantas para decoração da casa.

Do Tempo da Outra Senhora: Os bonecos de Estremoz na Exposição do Mundo Português Popular Art, Arte Popular, Portugal, Historical Photos, Painting, 1, Country, Portuguese, Altar

Os bonecos de Estremoz na Exposição do Mundo Português

Fig. 1 - O tocador de harmónio (Boneco de Estremoz de Mariano da Conceição. Museu Rural de Estremoz. Fotografia de Luís Mariano Guimarães). AS COMEMORAÇÕES DOS CENTENÁRIOS DA FUNDAÇÃO E DA RESTAURAÇÃO DA NACIONALIDADE A 2 de Junho de 1940, teve lugar em Lisboa, a abertura oficial das Comemorações dos Centenários da Fundação e da Restauração da Nacionalidade, anunciada pelo presidente da Comissão Executiva dos Centenários, Júlio Dantas. As Comemorações tiveram âmbito nacional, mas o seu maior…

Do Tempo da Outra Senhora: Irmãs Flores - Bonequeiras de Estremoz Portugal, Arte Popular, Naive Art, Smurfs, Pottery, Symbols, Portuguese, Figurative, Folk

Irmãs Flores - Bonequeiras de Estremoz

A literatura filatélica O nosso fado de coleccionadores leva-nos a deambular por aqui e por ali, à procura dum objecto que não encontramos, qual alquimista que procura sem sucesso a pedra filosofal, qual cavaleiro que procura igualmente sem sucesso o Santo Graal, mas não é por isso que deixam de procurar. Por vezes até encontramos, mas a magreza da carteira não nos permite alimentar veleidades de posse. Resta-nos então a possibilidade de registo com o olhar, qual chapa fotográfica que…

Do Tempo da Outra Senhora: Salvemos a olaria! - III Lucas 20, Portugal, Nostalgia, Pottery, Cinema, Painting, Life, Antique Pottery, Cultural Identity

Salvemos a olaria! - III

Mestre Mário Lagartinho (1935-2016), o último oleiro de Estremoz. Cursos de olaria? Não, obrigado! No número 168 (12-1-2017) deste jornal, em crónica intitulada “Salvemos a olaria!”, após análise dos depoimentos prestados anteriormente por CME, ESRSI e IEFP, concluí que o IEFP assegura e custeia integralmente os Cursos de Olaria, sendo todavia necessário que uma entidade com legitimidade e sentido de responsabilidade para o fazer, como é o caso da CME, possa solicitar institucionalmente e…

A Matéria do Tempo: Os bonecos de Estremoz são Património da Humanidade Fun Art, Cool Art, Portugal, Arte Popular, Masks, Painting, Pinterest Decorating, Loom Animals, Boy Doll

Os bonecos de Estremoz são Património da Humanidade

A Matéria do Tempo: Os bonecos de Estremoz são Património da Humanidade

Rosa Ramalho | por Cogitação - ☼•cogito ergo sum•☼ Portugal, Cogito Ergo Sum, World Crafts, Good People, Amazing People, Arte Popular, Photos, Pictures, The Creator

Rosa Ramalho

Minha tia-avó Rosa Barbosa Lopes, conhecida como Rosa Ramalho, com seu cristo. Receberia em 1968 a Medalha d'"As Artes ao Serviço da Nação" e ser-lhe-ia atribuído postumamente o título de Dama da Ordem de Sant'Iago de Espada. Muitas das suas obras encontram-se no Museu de Olaria de Barcelos, e em coleções particulares em Portugal e no estrangeiro. Com vida modesta até à sua morte em 1977, tem numa das suas netas, Júlia Ramalho, também uma conceituada barrista, a continuação da arte na…

Pastor ofertante de manta, ajoelhado, a rezar com o chapéu à frente (8,5 x 5,3 cm). Autor desconhecido (séc. XX). Museu Nacional de Etnologia, Lisboa. Folk Art, Teddy Bear, Rustic, Toys, Crafts, Handmade, Animals, Inspiration, Beautiful

O pastor no figurado de Estremoz

Pastor de manta ao ombro, com tarro e cajado (15,8 x 6,5 cm). Autor desconhecido (séc. XX). Museu Nacional de Etnologia, Lisboa. O PASTOR NO FIGURADO DE ESTREMOZ A vivência do pastor alentejano era extremamente rica e fruto da conjugação de dois factores muito importantes: a vida ao ar livre e a solidão da sua vida de nómada. A vida ao ar livre permitiu-lhe adquirir o conhecimento das ervas comestíveis, aromáticas e medicinais, bem como a capacidade de previsão do tempo pela observação do…

Instituto Internacional de Arte Naif - IIAN: Mestre Vitalino: O naif que veio do barro IIAN - Arte Naïf Brasileira - Mais de 250 Artistas Arte Popular, Popular Art, Whimsical Art, Anthropology, Ancient History, Three Dimensional, Archaeology, Sculpture Art, Folk Art

Mestre Vitalino: O naif que veio do barro

Texto: Álvaro Nassaralla Mestre Vitalino moldando o barro Foto: Pierre Verger Algumas pessoas ainda perguntam se Mestre Vitalino era um artista naif. Podemos dizer que sim, já que sua obra guarda muitos traços de ordem ingênua, mesmo que outros insistam em categorizá-la 'apenas' como arte popular. "Confissão" Cerâmica policromada Foto: Soraia Carls (Evandro Carneiro Leiloes) Fonte: Arte Popular do Brasil "Retirantes" Foto: Divulgação Assim, se algumas peças do mestre fugem das…