Conimbriga - Ruínas, Museu monográfico

Conimbriga - Ruínas, Museu monográfico

Sabia que, com a queda da cidade, gerou-se a lenda de um rei suevo, de nome Ataces, que venceu a ferro e fogo a cidade de Conimbriga. Incendiada a cidade, Ataces forçou a população a abandoná-la e o povo, acorrentado, olhava a cidade e murmurava: “Como a deixa!”. Assim ficou o nome de Condeixa.

Sabia que, com a queda da cidade, gerou-se a lenda de um rei suevo, de nome Ataces, que venceu a ferro e fogo a cidade de Conimbriga. Incendiada a cidade, Ataces forçou a população a abandoná-la e o povo, acorrentado, olhava a cidade e murmurava: “Como a deixa!”. Assim ficou o nome de Condeixa.

A construção das termas da muralha insere-se provavelmente num momento em que a cidade adquire o seu estatuto municipal, por volta de 77 d.C., transformando-se em Flavia Conimbriga. Este processo é de vital importância para as transformações da malha urbana da cidade, o seu novo estatuto quebra o equilíbrio anterior entre o núcleo indígena e o romano.

A construção das termas da muralha insere-se provavelmente num momento em que a cidade adquire o seu estatuto municipal, por volta de 77 d.C., transformando-se em Flavia Conimbriga. Este processo é de vital importância para as transformações da malha urbana da cidade, o seu novo estatuto quebra o equilíbrio anterior entre o núcleo indígena e o romano.

Cantaber's House

Cantaber's House

Reconstitution d'une rue de #Conimbriga, #Portugal @ArreteTonChar1 @ahencyclopedia  #histoire #antiquité

Roma Aeterna on

Reconstitution d'une rue de #Conimbriga, #Portugal @ArreteTonChar1 @ahencyclopedia #histoire #antiquité

Reconstitution d'une rue de #Conimbriga, #Portugal @ArreteTonChar1 @ahencyclopedia  #histoire #antiquité

Roma Aeterna on

Reconstitution d'une rue de #Conimbriga, #Portugal @ArreteTonChar1 @ahencyclopedia #histoire #antiquité

Iniciado em 1939, o restauro do tanque do peristilo central da casa dos repuxos só pôde ser terminado após o restauro dos mosaicos levado a cabo a partir de 1951 e terminado em 1962. O restauro dos mosaicos obrigou à escavação do sub-solo para a criação de um novo suporte adequado ao assentamento do mosaico restaurado, o que expôs uma cave pertencente a uma fase anterior à casa, onde se localizavam os canos de chumbo de adução de água e os restos de hidráulica decorativa.

Iniciado em 1939, o restauro do tanque do peristilo central da casa dos repuxos só pôde ser terminado após o restauro dos mosaicos levado a cabo a partir de 1951 e terminado em 1962. O restauro dos mosaicos obrigou à escavação do sub-solo para a criação de um novo suporte adequado ao assentamento do mosaico restaurado, o que expôs uma cave pertencente a uma fase anterior à casa, onde se localizavam os canos de chumbo de adução de água e os restos de hidráulica decorativa.

Casa dos Repuxos

Casa dos Repuxos

A sobrevivência das estruturas do forum viu-se, ao longo dos tempos, afectada por severos problemas: em primeiro lugar o abandono a que as construções romanas pagãs se viram votadas com o advento do cristianismo; a ruína do forum conduziu, alguns séculos mais tarde, à utilização do local como cemitério, o que contribuiu para a degradação dos vestígios já parcialmente soterrados;

A sobrevivência das estruturas do forum viu-se, ao longo dos tempos, afectada por severos problemas: em primeiro lugar o abandono a que as construções romanas pagãs se viram votadas com o advento do cristianismo; a ruína do forum conduziu, alguns séculos mais tarde, à utilização do local como cemitério, o que contribuiu para a degradação dos vestígios já parcialmente soterrados;

Conímbriga resiste há três mil anos. E está preparada para outros tantos

As ruínas romanas mais famosas do País estão na lista dos 10 melhores e mais desconhecidos sítios do mundo. O DN foi até lá para perceber como se têm conservado.

Pinterest
Pesquisar