Esta semana fizemos uma incursão sobre a cozinha grega. Com um longo historial, desde há dois mil e quinhentos anos, muitos dos pratos que ainda hoje se servem, remontam a essa época. Uma cozinha de um país das lindas casas de branco e linhas de azul-turquesa. De um povo hospitaleiro, em que fazem da refeição um evento social, muitas delas feitas ao sempre prazenteiro ar livre. Uma comida também para desfrutar com tempo mais quente. Preparámos então uma mezze, aqui transformada num bocado.

Esta semana fizemos uma incursão sobre a cozinha grega. Com um longo historial, desde há dois mil e quinhentos anos, muitos dos pratos que ainda hoje se servem, remontam a essa época. Uma cozinha de um país das lindas casas de branco e linhas de azul-turquesa. De um povo hospitaleiro, em que fazem da refeição um evento social, muitas delas feitas ao sempre prazenteiro ar livre. Uma comida também para desfrutar com tempo mais quente. Preparámos então uma mezze, aqui transformada num bocado.

Empada cremosa de bacalhau  Apesar da ameaça que paira, por ordem imperial de Bruxelas, no processo de cura e salga e consequentemente no paladar do bacalhau, vamos ainda aproveitando os dias que nos restam, antes da pena assassina do burocrata legislador ponha termo, ao sabor do gadídeo. Emblemática espécie ligada à cozinha portuguesa é também delícia e perdição na boca de brasileiros e galegos, www.restaurantebocados.com

Empada cremosa de bacalhau Apesar da ameaça que paira, por ordem imperial de Bruxelas, no processo de cura e salga e consequentemente no paladar do bacalhau, vamos ainda aproveitando os dias que nos restam, antes da pena assassina do burocrata legislador ponha termo, ao sabor do gadídeo. Emblemática espécie ligada à cozinha portuguesa é também delícia e perdição na boca de brasileiros e galegos, www.restaurantebocados.com

Com o aparecimento do calor, a pedir sugestões mais leves e frescas, saíram-se bem estes ovos de galinha do campo, recheados com uma salada de camarão e atum fresco da costa portuguesa, perfumados com ervas aromáticas dos nossos canteiros. Esta foi uma das componentes do Menu Bocados,  servido durante alguns dias desta semana.

Com o aparecimento do calor, a pedir sugestões mais leves e frescas, saíram-se bem estes ovos de galinha do campo, recheados com uma salada de camarão e atum fresco da costa portuguesa, perfumados com ervas aromáticas dos nossos canteiros. Esta foi uma das componentes do Menu Bocados, servido durante alguns dias desta semana.

restaurante bocados: A tradição dos assados na cozinha minhota

Com uma bela assadura em forno adequado, resulta num bom naco de carne de elegante consistência. Firmeza e humidade q.b., daí um m...

De novo o reconhecimento da crítica para o serviço de vinhos.

Pêra rocha com queijo azul

Pêra rocha com queijo azul

Sendo um dos peixes favoritos dos pescadores desportivos, devido à generosidade do mar no Atlântico noroeste e do seu imponente porte, o congro é, também por isso, uma das espécies mais utilizadas pelas comunidades piscatórias na criação de suas caldeiradas tão comuns a nós portugueses e aos nossos irmãos galegos. Tendo como farol para a sua pesca - no dizer dos pescadores - a noite, o virar das marés e as luas nova e quarto crescente, procuramos sempre as fêmeas, exemplares de maior porte.

Sendo um dos peixes favoritos dos pescadores desportivos, devido à generosidade do mar no Atlântico noroeste e do seu imponente porte, o congro é, também por isso, uma das espécies mais utilizadas pelas comunidades piscatórias na criação de suas caldeiradas tão comuns a nós portugueses e aos nossos irmãos galegos. Tendo como farol para a sua pesca - no dizer dos pescadores - a noite, o virar das marés e as luas nova e quarto crescente, procuramos sempre as fêmeas, exemplares de maior porte.

É inquestionavelmente o grande petisco de verão dos portugueses: a sardinha, Há sempre quem requeira, e muito justamente, a altura ideal para as assar. Daí o sempre ouvido" ainda não estão boas!". Dantes, já lá dizia o povo, que no S.João ela pingava no pão. Os tempos e provavelmente a relação do homem com a natureza, tem alterado o calendarização apetecível ao gosto do português. Mas poderá haver um grande equívoco. A sardinha pode muito bem estar na mesa portuguesa, durante todo o ano.

É inquestionavelmente o grande petisco de verão dos portugueses: a sardinha, Há sempre quem requeira, e muito justamente, a altura ideal para as assar. Daí o sempre ouvido" ainda não estão boas!". Dantes, já lá dizia o povo, que no S.João ela pingava no pão. Os tempos e provavelmente a relação do homem com a natureza, tem alterado o calendarização apetecível ao gosto do português. Mas poderá haver um grande equívoco. A sardinha pode muito bem estar na mesa portuguesa, durante todo o ano.

Cardápio

Hoje o dia está chuvoso e um pouco mais fresco. Lembrou-nos de fazer pão-de-ló para sobremesa. Ovos caseiros, farinha e açúcar...

Hoje o dia está chuvoso e um pouco mais fresco. Lembrou-nos de fazer pão-de-ló para sobremesa. Ovos caseiros, farinha e açúcar...

Pinterest
Pesquisar