Coisas de Trás-os-Montes e Alto Douro

Collection by Armando Palavras • Last updated 3 weeks ago

931 
Pins
Tempo caminhado: MARCELINO da MATA, UM HERÓI PORTUGUÊS!

MARCELINO da MATA, UM HERÓI PORTUGUÊS!

No Twitter Acabámos de receber o texto infra. Em síntese, as façanhas do Tenente-Coronel Marcelino da Mata estão descritas em "Heróis do Ultramar" de Nuno Castro. Nesse livro, o jornalista destaca Marcelino da Mata como o "Rambo da Guiné", entre outros heróis como Maçanita que tomou Namboangongo, ou Daniel Roxo, o "diabo branco do Niassa", natural de MOGADOURO. São heróis portugueses que, dentro das circunstâncias e da conjectura, devem ser aclamados como Colombo, Vasco da Gama, Magalhães…

PRESIDENTE da Câmara de Matosinhos, mais assertiva que Presidente da República e o dr. Costa

Os números desta última semana da covid 19 apenas confirmam a incompetência dos poderes públicos portugueses (preocupados com a palhaçada do Orçamento!). Os de hoje reafirmam o que se disse. A presidente da câmara de Matosinhos já percebeu onde está o problema. Neste momento 130 turmas do concelho de Matosinhos estão já de quarentena. E pede ao governo que sejam já decididas as aulas à distância. Ora a tutela continua com aquela conversa fiada que pode ser consultada aqui. Há cerca de duas…

As partidas do comerciante

"O Ti João, homem esperto para o negócio e sempre pronto a pregar as suas partidas e amicíssimo do Ti António, percebeu o estado em que este ultimamente permanecia e resolveu convidá-lo para jantar, pois sempre queria ver se o Ti António trocava o jantar pelas saudades do filho. O Ti João contou à mulher, Ti Maria e disse-lhe para arranjar uma galinha. Já sentados à mesa, ambos se preparavam para saborear tão delicioso pitéu. Antes porém, o comerciante começou a jogar a sua cartada e diz…

Tempo caminhado: CTMAD - LISBOA - Quotas...

CTMAD - LISBOA - Quotas...

Cara(o) Consócia(o), Perante a atual situação que o País está a viver e a pausa forçada que estamos a fazer em relação às atividades da Nossa Casa, era importante que regularizasse as suas quotas! Posto isto, a Direção da CTMAD mantém a decisão de perdoar quotas a quem tem mais de 3 anos de quotas em atraso! Para tanto, basta transferir para o IBAN PT50 0035 0001 0001 3051 53056, o valor de 50,00 € e ficará com a situação resolvida até 31 de Dezembro de 2019! Por outro lado, informam-se…

Tempo caminhado: Festival Europeu de Poesia Ambiental

Festival Europeu de Poesia Ambiental

No Twitter Numa iniciativa da Insula Europea, uma revista cultural italiana on-line, e da revista Sapereambiente, vai realizar-se um Festival Europeu de Poesia Ambiental, em formato de vídeo-conferência. Participam no festival poetas com obra na área do ambiente, dez dos quais italianos e nove poetas representando outros tantos países da Europa. De Portugal, participará o poeta trasmontano A. M. Pires Cabral. O Festival terá lugar no dia 22 de Maio, das 18h00 às 20h00 (hora italiana). Os…

Tempo caminhado: Festival Europeu de Poesia Ambiental

Festival Europeu de Poesia Ambiental

No Twitter Numa iniciativa da Insula Europea, uma revista cultural italiana on-line, e da revista Sapereambiente, vai realizar-se um Festival Europeu de Poesia Ambiental, em formato de vídeo-conferência. Participam no festival poetas com obra na área do ambiente, dez dos quais italianos e nove poetas representando outros tantos países da Europa. De Portugal, participará o poeta trasmontano A. M. Pires Cabral. O Festival terá lugar no dia 22 de Maio, das 18h00 às 20h00 (hora italiana). Os…

Encontro de mirandelenses na Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro de Lisboa

JORGE LAGEFoi a 21 de Maio de 2012 que tivemos o «Dia de Mirandela», na Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro de Lisboa. O pretexto foi a apresentação do meu livro «Falares de Mirandela». A apresentação coube ao Coronel Jorge Golias, sendo Director da Cultura da Casa o Eng. Carlos Cordeiro. Bem cedo apareceu em Lisboa o então Presidente do Município, Eng. António Branco, carregado de mimos para o dia. O evento não teria interesse, neste momento, não fosse a fotografia da minha autoria, que…

Pão por Deus

Aproxima-se o Dia de Todos os Santos. Um dia de pedir aos nossos Santos devotos que nos livrem da Pandemia do Covid 19. Mas não é só o dia de Pedir o Pão por Deus. Lembro-me de nesse dia as crianças andarem a bater à porta das pessoas, a pedir o Pão por Deus. Uma tradição que se está a perder, e é pena, porque era bem aceite e recebida pelas pessoas a quem as crianças pediam o Pão Por Deus. Atendi-os e fui escrever este poema, que aqui deixo, e ofereço a essas crianças, hoje adultas,que não…

Actividades do Grémio Literário Vila-Realense em Novembro

• Até dia 6 — Exposição ‘Domingos Monteiro (1903-1980), vivência vila-realense’, com pretexto na passagem dos 100 anos sobre a sua estreia literária (Orações do crepúsculo, poesia). • Dia 11 — Apresentação do n.º 73 da Revista Tellus. — Inauguração da Exposição ‘Rui Pires Cabral ‒ Um tradutor que esconde um poeta’. CÂMARA MUNICIPAL DE VILA REAL Grémio Literário Vila-Realense

CELEBRANDO A MEMÓRIA LITERÁRIA DO CASTANHEIRO E DO SEU FRUTO (3)

Por Telmo Verdelho PREFÁCIO CELEBRANDO A MEMÓRIA LITERÁRIA DO CASTANHEIRO E DO SEU FRUTO (3) 6. Tem para nós muito especial interesse uma referência às castanhas que vem na parte final da Bucólica I porque é retomada, como citação de prestígio erudito, em dois lugares da obra de Eça de Queirós. A Bucólica I é o mais famoso de todos os textos líricos do Mantuano. Nele se encontra a expressão "fortunate senex" que se ouvia com frequência, entre os bons conversadores, no tempo em que se…

Antologia sobre a Castanha e o Castanheiro

BARROSO da FONTE Este mais recente «filho bibliográfico», deve ser a consagração de Jorge Lage na área da Castanha e, por simpatia, do castanheiro. Fechará um ciclo de formação popular e científica que poderá ocorrer, pela próxima primavera, com uma apresentação pública e celebrativa dessa façanha. Não conheço no país a que pertenço e pelo qual tenho lutado, estoicamente, em 67 anos de jornalismo, de cultura geral e de solidariedade social, personalidade que tenha dado a este produto natural…

Quem me dera cá o tempo

Nota Introdutória (2) JORGE LAGE Os capítulos dão corpo aos grandes temas e os textos inéditos dos autores e as notas curriculares apresentam-se por ordem alfabética. A riqueza dos textos, em prosa e em verso, está na qualidade literária e etnográfica e na diversidade geográfica, percorrendo uma escala etária entre 30 e os quase 100 anos, avivando memórias e tradições que se estendem até aos períodos mais recuados dos saberes geracionais. Aos escritores participantes e a todos os que…

Tempo caminhado: Casa do soldado Milhões vai ser pólo de atracção t...

Casa do soldado Milhões vai ser pólo de atracção turística em Murça

You Retweeted Observador @observadorpt · 4h Antiga casa do soldado Milhões vai ser polo de atração turística em Murça Antiga casa do soldado Milhões vai ser polo de atração turística em Murça Aníbal Augusto Milhais foi um soldado raso que combateu na Primeira Guerra Mundial e ganhou fama quando se bateu sozinho contra os Sobre este assunto consultem-se estes sites: https://tempocaminhado.blogspot.com/2014/04/jorge-lage-preservar-memoria-e-casa-do.html…

Tempo caminhado: AS ALDRABICES QUE ANDAM POR AÍ

AS ALDRABICES QUE ANDAM POR AÍ

No Twitter Em relação ao dr. Costa nada de novo. Manhoso como sempre, com aquela conversa fiada apoiada pela maioria esquerdista que o colocou no poder em 2015. Os papeis inverteram-se. Enquanto a dona Catarina em 2015 exercia, na comunicação social manobrada pela ideologia trotskista, o cargo de 1ª ministra, e o dr. Costa andava aqui e ali, hoje, o dr. Costa, pelas circunstâncias e pela conjectura, auxiliado pelo presidente Marcelo, ocupa o cargo de facto, a dona Catarina não passa da…

Tempo caminhado: Talbeç un die!

Talbeç un die!

No Twitter - https://teresadalmeida.blogspot.com/ Talbeç un die! Era maio i la madressilba stendie nas paredes la lhiberdade abrolhada ne l córrio de las geladas, Éran fecundos ls soles que abril sembrara i berdes las senaras prenhadas de pan. De seda azul era l'alma de las cantigas i an abraços splodien puontes d'ounion. Antrementes, anchenas fúrun minando ls lhiçaces i ls crabos que las puontes sigurában. Nun fui de fartura que ls rius angordórun nien de sperança que las puontes…

Tempo caminhado: Olof Palme, um mistério igual ao de Sá Carneiro......

Olof Palme, um mistério igual ao de Sá Carneiro...

No Twitter Olof Palme foi assassinado como foi Francisco Sá Carneiro. Ambos sociais democratas. Palme numa linha mais esquerdista... Nos sociais-democratas houve sempre estas duas linhas: A dos mais esquerdistas e a dos do centro. É preciso auscultar os primórdios. E para quem lê pouco basta consultar um pequeno livro de Hannah Arendet: "Homens em tempos sombrios". O que esteve por trás desta estratégia? A do assassínio? Leiam Arendet. You Retweeted Jornal SOL @SolOnline · 5h Olof Palme e o…