PP1 - Vegetação - Plantas Aquáticas

Exemplos de espécies vegetais - plantas aquáticas
10 Pins180 Seguidores
Gardens of Roberto Burle Marx Vargem Grande, Areias, Brazil
Cyperus giganteus - Papiro-brasileiro - O papiro-brasileiro é uma excelente planta palustre, isto é, adapta-se e cria um efeito excelente na beira de laguinhos, fontes e espelhos de água. Ela apresenta hastes longas com uma cabeleira de folhas finas nas pontas. As flores são pequenas, amarelas, discretas e não apresentam importância ornamental. Devem ser cultivadas a pleno sol, sempre na beira da água, em solo composto de terra de jardim e terra vegetal.
Equisetum spp - Cavalinha - Suas hastes podem medir acima de 2 metros de altura. Além de ornamental, a cavalinha é considerada um planta medicinal. Gosta de locais úmidos e terra rica em matéria orgânica. É indicada para a composição com outras plantas na beira de fontes e lagos, É muito rústica e tolerante ao frio, uma das poucas pteridófitas que se adaptam ao sol pleno.
Victoria amazonica - Vitória-regia - A vitória-régia é uma planta aquática gigante e rizomatosa, nativa da Amazônia. Suas folhas são circulares, enormes, podendo alcançar 2,5 metros de diâmetro, e flutuantes, com bordos elevados em até 10 cm, que revelam a página inferior espinhenta e avermelhada. Planta exclusivamente aquática, deve ser cultivada sob sol pleno, em lagos ou tanques com mais de 90 cm de profundidade, com água em temperatura de 29 a 32ºC. Não tolera temperaturas abaixo de…
Nymphaea alba - Ninféia-branca, Lírio-branco -  planta aquática adaptada às margens de rios calmos ou lagos, em regiões de clima temperado. Deve ser cultivada sob sol pleno, em lagos ou tanques, sendo plantadas diretamente no lodo de lagos naturais ou em vasos dentro de tanques. O nível de água para o cultivo da ninféia-branca deve estar entre 40 e 50 cm.
Juncus effusus - Junco - Desenvolve-se a sol-pleno ou meia-sombra, não suportando geadas ou sol muito forte. Seu tamanho depende das condições locais, podendo ficar entre 30cm a 120cm de altura. Prefere substrato rico em matéria orgânica, sempre úmido ou submerso com coluna d’água entre 5 a 10cm. É planta resistente a pragas e não é exigente quanto ao pH da água.
Cyperus alternifolius - Sombrinha-chinesa, Palmeira-umbela - Possui folhas perenes, sempre verdes, estreitas e eretas. Desenvolve-se sob sol-pleno ou meia-sombra. Apesar de suportar o sol muito forte e frio intenso, nessas condições geralmente fica com as folhas queimadas e com mau aspecto.
Nelumbo nucifera - Lótus -  planta aquática repleta de significados religiosos e míticos. Suas folhas são grandes, arredondadas e levemente onduladas em direção as bordas. O pecíolo é longo, espinhento e eleva as folhas acima da superfície da água. As flores, formadas no verão podem ser brancas ou róseas. Pode ser cultivada em lagos, tanques e espelhos de água, sempre a pleno sol. Convive com peixes.
Nymphaea rubra - Ninféia-vermelha - Suas folhas flutuantes são grandes, arredondadas e com bordas serrilhadas. As flores, elevadas acima do nível da água, são formadas no verão, e se abrem brancas, tornando-se róseas com o passar do tempo. Pode ser cultivada em lagos, tanques e espelhos de água, sempre a pleno sol. Convive com peixes.
Typhonodorum lindleyanum - Bananeira-d'água, Tifonodoro - planta arbustiva, perene, aquática, de textura herbácea, que chega a atingir 4 metros de altura. Suas inflorescências são pedunculadas,  na cor branco-creme e espádice amarela. Elas exalam aroma desagradável que atraem besouros. Os frutos são pequenas bagas amarelas. Imponente no paisagismo tropical, plantada isolada ou em pequenos grupos, ao longo de espelhos-d’água, riachos, etc. Cultivada sob sol pleno em terreno permanente…

Mais ideias
Pinterest
Pesquisar