Os reis do Riso. As leis do Siso! Paulo de Cantos (sem data) Tip. Camões (Povoa do Varzim)

Os reis do Riso. As leis do Siso! Paulo de Cantos (sem data) Tip. Camões (Povoa do Varzim)

Grafia Futura, sem luxo nem lixo: gat? Paulo de Cantos (sem data) Tip. Camões (Povoa do Varzim)

Grafia Futura, sem luxo nem lixo: gat? Paulo de Cantos (sem data) Tip. Camões (Povoa do Varzim)

Eis o ABC do Foguetão (195?) Paulo de Cantos Tip. Liga dos Combatentes da Grande Guerra

Eis o ABC do Foguetão (195?) Paulo de Cantos Tip. Liga dos Combatentes da Grande Guerra

Lisboa: roteiro (3ºedição) Paulo de Cantos 1947  Tip. Liga dos Combatentes da Grande Guerra (Lisboa)

Lisboa: roteiro (3ºedição) Paulo de Cantos 1947 Tip. Liga dos Combatentes da Grande Guerra (Lisboa)

O Homem-Máquina: como somos por dentro. Donde vimos? Aonde Vamos? Paulo de Cantos (edição de autor - não datada) Impresso na Soc. Grafica da Povoa do Varzim

O Homem-Máquina: como somos por dentro. Donde vimos? Aonde Vamos? Paulo de Cantos (edição de autor - não datada) Impresso na Soc. Grafica da Povoa do Varzim

Engenharia Paulo de Cantos 1947  Tip. Liga dos Combatentes da Grande Guerra (Lisboa)

Engenharia Paulo de Cantos 1947 Tip. Liga dos Combatentes da Grande Guerra (Lisboa)

Cava de Viriato (1953) Paulo de Cantos Tip. Liga dos Combatentes da Grande Guerra

Cava de Viriato (1953) Paulo de Cantos Tip. Liga dos Combatentes da Grande Guerra

O Homem-Máquina: como somos por dentro. Donde vimos? Aonde Vamos? Paulo de Cantos (edição de autor - não datada) Impresso na Soc. Grafica da Povoa do Varzim

O Homem-Máquina: como somos por dentro. Donde vimos? Aonde Vamos? Paulo de Cantos (edição de autor - não datada) Impresso na Soc. Grafica da Povoa do Varzim

Politica: Crimes Horripilantes! Paulo de Cantos 1946 Tip. Liga dos Combatentes da Grande Guerra (Lisboa)

Politica: Crimes Horripilantes! Paulo de Cantos 1946 Tip. Liga dos Combatentes da Grande Guerra (Lisboa)

Medicina: Curas Brilhantes! Paulo de Cantos 1946 Tip. Liga dos Combatentes da Grande Guerra (Lisboa)

Medicina: Curas Brilhantes! Paulo de Cantos 1946 Tip. Liga dos Combatentes da Grande Guerra (Lisboa)

Seara Nova, publicada no dia 15 de Outubro de 1921, numa época conturbada, em que pontuavam enormes desigualdades socais e num regime político de mentira. Como fundadores: Aquilino Ribeiro, Augusto Casimiro, Azeredo Perdigão, Câmara Reys, Faria de Vasconcelos, Ferreira de Macedo, Francisco António Correia, Jaime Cortezão, Raul Brandão e Raul Proença - opunham-se ao que designavam de "desastre colectivo" e pugnavam pelos valores da inteligência, da cultura, da ética, da justiça e do…

Seara Nova, publicada no dia 15 de Outubro de 1921, numa época conturbada, em que pontuavam enormes desigualdades socais e num regime político de mentira. Como fundadores: Aquilino Ribeiro, Augusto Casimiro, Azeredo Perdigão, Câmara Reys, Faria de Vasconcelos, Ferreira de Macedo, Francisco António Correia, Jaime Cortezão, Raul Brandão e Raul Proença - opunham-se ao que designavam de "desastre colectivo" e pugnavam pelos valores da inteligência, da cultura, da ética, da justiça e do…

A Águia foi uma revista mensal, de literatura, arte, ciência, filosofia e crítica social, que se publicou no Porto, entre 1910 e 1932. A revista iniciou a sua publicação em Dezembro de 1910 descrevendo-se como quinzenal ilustrada de literatura e crítica, tendo como director e proprietário Álvaro Pinto.

A Águia foi uma revista mensal, de literatura, arte, ciência, filosofia e crítica social, que se publicou no Porto, entre 1910 e 1932. A revista iniciou a sua publicação em Dezembro de 1910 descrevendo-se como quinzenal ilustrada de literatura e crítica, tendo como director e proprietário Álvaro Pinto.

Revista lançada em Lisboa, em fevereiro de 1914. Numa etapa de transição entre o Simbolismo e o Decadentismo e tentativas paúlicas e interseccionistas. Teve colaboração de Mário de Sá-Carneiro, e Fernando Pessoa. Este ultimo, publicou o poema que dá nome ao Paulismo.

Revista lançada em Lisboa, em fevereiro de 1914. Numa etapa de transição entre o Simbolismo e o Decadentismo e tentativas paúlicas e interseccionistas. Teve colaboração de Mário de Sá-Carneiro, e Fernando Pessoa. Este ultimo, publicou o poema que dá nome ao Paulismo.

O Homem-Máquina: como somos por dentro. Donde vimos? Aonde Vamos? Paulo de Cantos (edição de autor - não datada) Impresso na Soc. Grafica da Povoa do Varzim

O Homem-Máquina: como somos por dentro. Donde vimos? Aonde Vamos? Paulo de Cantos (edição de autor - não datada) Impresso na Soc. Grafica da Povoa do Varzim

Eis o ABC do Foguetão (195?) Paulo de Cantos Tip. Liga dos Combatentes da Grande Guerra

Eis o ABC do Foguetão (195?) Paulo de Cantos Tip. Liga dos Combatentes da Grande Guerra

Tríptico - Revista coimbrã, lançada em 1924, sob a direção, entre outros, de Afonso Duarte, António de Sousa, Branquinho da Fonseca, João Gaspar Simões e Vitorino Nemésio. Inclui páginas de poesia, prosa, artigos sobre arte, recensões críticas. Preparando o nascimento da revista Presença, em 1927, nela colaboram, entre outros, José Régio, Alberto de Serpa, Américo Durão, Aquilino Ribeiro, Branquinho da Fonseca, Diogo de Macedo, Raul Brandão ou Teixeira de Pascoaes.

Tríptico - Revista coimbrã, lançada em 1924, sob a direção, entre outros, de Afonso Duarte, António de Sousa, Branquinho da Fonseca, João Gaspar Simões e Vitorino Nemésio. Inclui páginas de poesia, prosa, artigos sobre arte, recensões críticas. Preparando o nascimento da revista Presença, em 1927, nela colaboram, entre outros, José Régio, Alberto de Serpa, Américo Durão, Aquilino Ribeiro, Branquinho da Fonseca, Diogo de Macedo, Raul Brandão ou Teixeira de Pascoaes.

Pinterest
Search